<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

O que é um simulador de depósitos a prazo e como usar?

Atualmente, existem no mercado, diversas opções para quem deseja aplicar dinheiro. Uma das mais populares formas de aplicar as suas poupanças é através de depósitos a prazo.

Estes depósitos são, geralmente, voltados para clientes com um perfil mais conservador, e que não querem assumir riscos de perda de capital, o que acaba por ser bastante comum quando se fazem determinados investimentos.

Mas saiba que antes de contratar este produto financeiro, é possível encontrar online um simulador de depósitos a prazo, de forma a encontrar aquele que oferece benefícios que sejam mais de acordo com os seus interesses.

Mas antes de falar sobre os simuladores, vamos abordar um pouco mais a fundo o que é este produto financeiro.

Depósitos a prazo – o que são e quais os tipos?

O Depósito a prazo é um produto oferecido por instituições financeiras, e que consiste na aplicação de um determinado valor, que será restituído após um prazo acordado, acrescido de juros que serão gerados neste mesmo período.

Em termos mais simples, é como se estivesse concedendo um empréstimo ao banco. Após certo período de tempo, o banco deverá restituí-lo do montante, acrescido do juro aplicado neste prazo.

Desta forma, pode-se concluir que o depósito a prazo se sustenta por três pilares, compostos pelo valor depositado, o prazo e a taxa de juro aplicada.

É importante ter em conta que existem três modalidades, sendo elas os depósitos a prazo simples, estruturados ou duais.

1 - Depósitos a prazo simples

Essa é a categoria mais escolhida por quem contrata este produto financeiro. Nela podem ser aplicadas taxas de juro fixa ou variável.

Quando falamos de taxa de juro fixa, o juro aplicado ao montante do depósito é conhecido logo de início, e não sofre alteração no decorrer do prazo do contrato.

Já na taxa de juro variável, a rentabilidade e remuneração do depósito dependem de um indexante que pode variar de acordo com o mercado. Um exemplo da taxa indexante é a EURIBOR - Euro Interbank Offered Rate.

2 - Depósitos a prazo estruturados

Por sua vez, a remuneração dos depósitos a prazo estruturados está ligada a outras variáveis dentro do mercado financeiro, como, por exemplo, o preço de uma ação ou um cabaz de ações, ou ainda um ou mais índices acionistas.

Essa modalidade de depósito, por ser mais complexa, requer maior cautela quando da sua contratação, devendo o consumidor se atentar a fatores como o prazo, a forma de cálculo da remuneração, se existe ou não um capital mínimo a ser garantido, e se é possível movimentar os fundos antes do prazo final do depósito.

A melhor forma de garantir que faz um investimento correto é efetivamente usar um simulador de depósitos a prazo.

3 - Depósitos a prazo duais

Os depósitos a prazo duais são caracterizados por incluírem, no mesmo produto, depósitos simples e/ou variáveis, alcançando maior nível de complexidade no investimento.

Neste caso é de extrema importância que fale com alguém que tenha a capacidade para o ajudar a fazer as escolhas mais acertadas.

O que é necessário para contratar este produto e quais os riscos?

Os depósitos a prazo são fiscalizados pelo Banco de Portugal, e geralmente as instituições financeiras solicitam uma abertura de conta, e montante mínimo para se constituir um depósito. Este montante pode variar entre 10€ e 10.000€.

Quanto aos riscos, estes variam de acordo com o tipo de depósito escolhido pelo consumidor. Ou seja, quanto mais rentável, maior risco terá o investimento.

Desse modo, é imprescíndivel utilizar um simulador de depósitos a prazo para perceber efetivamente se o investimento pode ou não ser uma boa opção. Contudo, saiba de antemão que não existe um resultado que se mantenha sempre.

Ou seja, ao usar o simulador o resultado optido pode depois não se materializar uma vez que o próprio mercado tem oscilações.

É bom sempre lembrar que, em caso de insolvência da instituição bancária, os montantes aplicados são protegidos pelo Fundo de Garantia de Depósitos ou pelo Fundo de Garantia de Crédito Agrícola Mútuo.

Essa garantia atinge o valor de até 100 mil euros, por instituição e por depositante.

Sobre o simulador de deposito a prazo

Agora que já conhece um pouco mais sobre o depósito a prazo, vamos falar sobre o simulador de depósitos a prazo.

Conforme mencionado acima, diversas instituições financeiras oferecem este produto, porém, antes de contratá-lo é importante fazer uma simulação.

É através da simulação que terá uma estimativa da remuneração que será obtida através dos depósitos, e ainda pode avaliar qual banco oferece o melhor produto.

Como utilizar o simulador

Anteriormente explicamos que o deposito a prazo se sustenta, basicamente, por três pilares. Estes são compostos pelo montante depositado, o prazo e a taxa de juro aplicada.

O simulador irá, portanto, combinar essas informações essenciais, de forma a que no final da simulação tenha noção do valor estimado de remuneração a ser restituída. Dessa forma, para utilizar o simulador de deposito a prazo deve:

  1. Preencher o valor correspondente a ser aplicado no depósito
  2. Preencher o prazo correspondente ao depósito (meses, dias ou anos)
  3. Preencher a taxa de juro a ser aplicada
  4. Preencher a taxa de imposto sobre o juro (tributação de 28% de IRS)

Ao solicitar o cálculo através do simulador, terá acesso às informações completas relativamente ao depósito estimado, e o montante líquido que será restituído ao final do prazo.

Não deixe de utilizar o simulador de depósito a prazo, e pesquise quais as melhores condições para aplicar as suas poupanças, de forma simples e com o menor risco possível.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.