<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Quer comprar casa? Aproveite o simulador crédito habitação Santander

A decisão de comprar casa é um passo tão importante como complexo. Há toda uma logística a ter em conta, como taxas, prazo de pagamento, produtos bancários, e muitas, muitas decisões que tem de tomar num curto espaço de tempo.

O simulador crédito habitação Santander pode dar-lhe uma ajuda no início desta etapa, principalmente se é um tema novo para si e ainda não domina estas andanças.

Uma das grandes vantagens deste simulador de crédito é a sua facilidade de utilização. Esta é uma plataforma bastante intuitiva, que será o seu guia passo a passo, rumo a um crédito habitação atrativo e que lhe vai permitir concretizar o seu objetivo de ter uma casa.

Se não sabe muito bem como é que tudo funciona, não precisa de se preocupar. De seguida, explicamos-lhe como funciona este simulador, e porque é que o deve utilizar para poupar o máximo.

Simulador crédito habitação Santander: Como usar para poupar?

O simulador crédito habitação Santander é um excelente ponto de partida para que seja feita uma avaliação financeira da sua situação, percebendo se será ou não viável pedir um empréstimo bancário para comprar a sua casa.

Há muitas variáveis e será necessário analisar cada uma delas em detalhe. Deve recordar-se de que este é um grande compromisso financeiro e ter a "lição bem estudada" pode valer-lhe muitos euros poupados ao longo dos anos!

Perceba então de seguida como usar este simulador para ter uma ideia mais generalizada relativamente ao empréstimo habitação.

1 – Introdução dos dados gerais

Como qualquer simulador, para perceber um pouco melhor como funciona a oferta da Santander existem vários dados que devem ser inseridos.

Assim, no caso do simulador de crédito habitação taxa variável do Santander (é o único simulador do banco) os primeiros dados a inserir são os seguintes:

  • Qual o valor que necessita solicitar ao banco
  • Qual a finalidade do crédito (aquisição, obras, construção ou transferência)
  • Quantos titulares são e datas de nascimento
  • Indicar se irá ou não domiciliar o ordenado e subscrever 3 produtos financeiros para ter um spread mais baixo:
    • Contratação de um cartão de crédito com consumo mínimo de 100€ por mês
    • Adesão a um crédito ao consumo, ALD ou Leasing com um valor mínimo de 1000€
    • Ter um depósito de entregas programadas de pelo menos 15€ mensais
    • Ter um saldo de recurso médio a cada 3 meses de pelo menos 1000€
    • Adesão a um seguro de vida, desemprego ou saúde (excluindo os seguros obrigatórios ao nível do crédito)

2 – Dados do imóvel

Depois de todos os pontos associados ao primeiro passo estarem preenchidos, está na altura de continuar a realizar o preenchimento deste simulador.

Assim, nesta segunda fase, deve indicar o seguinte:

  • Qual o tipo de habitação (Primeira ou segunda habitação)
  • Qual o valor de aquisição do imóvel
  • Qual o valor de avaliação do imóvel
  • Qual a data de construção do imóvel (antes de 1959, entre 1960 e 1984 ou posterior a 1985)

3 – Resultados

O Santander assume por defeito que o crédito irá ser liquidado em 30 anos. Contudo, quando passa para a última parte do processo de simulação poderá ajustar o valor do mesmo.

Neste ponto, irá ficar a par de todas as informações necessárias para poder começar a fazer as devidas comparações de crédito.

Embora no simulador do Santander não sejam colocados muitos dados, alguns simuladores bancários pedem inúmeras informações referentes ao imóvel, bem como os seus dados e os de potenciais fiadores.

Se quer ter uma noção de quanto poderá a ficar a pagar mensalmente pelo seu crédito, faça a sua simulação!

Este é o primeiro passo para conseguir um crédito habitação mais barato.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.