<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

Crédito Pessoal Formação: Para um financiamento de 8.000€, com a TAEG de 6,2% e TAN de 4,10% o prazo de reembolso é de 36 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 237,14€. MTIC: 8.748,24€ dos quais 8.000€ reembolsam o capital concedido e 748,24€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Crédito Consolidado: para um financiamento de 20.000€, com a TAEG de 13,1% e TAN de 11,10% o prazo de reembolso é de 84 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 348,20€. Montante total imputado ao consumidor: 29,776,80€ dos quais 20.000,00€ reembolsam o capital concedido e 9.776,80€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

6 receitas de natal para fazer nesta consoada

Se para milhares de famílias esta é a época do bacalhau cozido e do borrego, muitas outras famílias optam por outro tipo de iguarias.

Como sabemos que nem todos são iguais, hoje resolvemos em equipa apresentar-lhe as iguarias de natal que se comem por aqui. Temos a certeza que vai querer experimentar todas estas receitas, mesmo que nutra época do ano.

Receitas de Natal: 6 opções para tornar esta época perfeita

Quando falamos de receitas de natal, falamos essencialmente dos bolos, doces e das carnes ou peixes que se comem por esse Portugal fora.

Assim sendo, de seguida apresentamos-lhe algumas das receitas de natal que se fazem por aqui. Temos a certeza que irá adorar.

1 - Perna de borrego assada com arroz de cogumelos

Uma belíssima perna de borrego assada lentamente no forno numa mistura perfeita de sabores. Para acompanhar, um arroz de cogumelos cozinhado num caldo caseiro de carne.

Ingredientes para a carne

  • 1 perna de borrego
  • 1 c. chá sal
  • 80 g figos secos macios
  • 50 g miolo de noz
  • 15 g folhas de hortelã
  • 70 g miolo de broa
  • 6 chalotas
  • 2 dentes de alho
  • 30 g azeitonas pretas descaroçadas
  • 2 c. sopa pimentão-doce
  • ½ c. chá alecrim seco
  • ½ c. chá coentros em pó
  • 2 c. chá canela em pó
  • 2 c. sopa azeite
  • 1 c. sopa vinagre balsâmico
  • 2 cenouras médias
  • ½ talo de aipo
  • 1 folha de louro
  • 1 dL vinho branco

Ingredientes para o arroz

  • qb ossos do borrego
  • ½ talo de aipo
  • 1 alho-francês
  • 1 c. chá sal
  • 1,2 l água
  • 300 g cogumelos Portobello pequenos
  • 2 dentes de alho
  • 2 c. sopa azeite
  • 400 g arroz Agulha
  • qb hortelã

Preparação

  1. Peça no talho para desossarem a perna de borrego de modo a poder ser recheada e a limpem de gorduras. Reserve os ossos. Coloque a carne espalmada sobre uma tábua com a parte de dentro virada para cima e salpique-a com uma colher de chá de sal. Reserve.
  2. Corte os pés aos figos, corte-os em pedaços e coloque-os num robot de cozinha ou picadora. Junte o miolo de noz, as folhas de hortelã, o miolo de broa em pedaços, duas das chalotas em pedaços e metade dos dentes de alho, descascados, e pique tudo, finamente. Misture as azeitonas descaroçadas, molde em rolo e coloque sobre a perna de borrego, atando com fio de cozinha.
  3. Pré-aqueça o forno a 160º C, na função calor estático.
  4. Numa tigela misture o pimentão-doce com o alecrim seco, os coentros em pó e a canela. Adicione duas colheres de sopa de azeite e o vinagre balsâmico e barre a perna de borrego com esta pasta. Coloque-a num tabuleiro de forno.
  5. Disponha à volta da carne as cenouras descascadas (reserve as cascas) e cortadas em cubos, metade do aipo cortado em pequenos troços e as restantes chalotas descascadas e cortadas em gomos finos. Junte a folha de louro e regue com o vinho branco e leve ao forno cerca de 2 horas, virando a carne várias vezes.
  6. Lave os ossos do borrego, coloque-os num tacho, junte-lhes a pele das cenouras, o restante aipo e a parte verde do alho-francês, previamente lavados. Tempere com o restante sal, junte a água e leve a ferver em lume brando 1 hora, com o tacho tapado.
  7. Limpe bem os cogumelos ou lave-os e corte-os em pedaços. Pique finamente o restante alho-francês e os dentes de alho e leve ao lume num tacho com o restante azeite. Deixe cozinhar, mexendo frequentemente até os legumes começarem a alourar.
  8. Adicione os cogumelos e salteie, em lume médio a forte, 3 a 4 minutos, mexendo frequentemente. Adicione o arroz, misture bem e salteie até ficar translúcido. Regue com 8 dl do caldo dos ossos, previamente coado, mexa, tape e cozinhe em lume médio cerca de 20 minutos.
  9. Coloque a carne assada numa tábua, retire-lhe o fio e deixe repousar cerca de 10 minutos antes de a trinchar.
  10. Coe o molho da assadura da carne, retire a folha de louro e junte os legumes ao arroz antes de terminar a cozedura. Acompanhe a perna de borrego com o arroz salpicado com folhas de hortelã. Sirva o molho à parte.

2 - Bacalhau com broa e pesto

O bacalhau é preparado no forno juntamente com a courgette e o pesto. Posteriormente é adicionada a crosta de broa e coentros. Sirva com puré de batata.

Ingredientes

  • 1 emb. puré de batata congelado
  • 400 ml leite meio-gordo
  • 100 g broa (miolo)
  • 20 g amêndoa palitada
  • 1 dente de alho
  • 30 g tomate seco em conserva
  • 2 c. sopa azeite da conserva do tomate
  • 2 courgette
  • 1 c. chá sal
  • qb pimenta de moinho
  • 600 g lombos de bacalhau fresco
  • 2 c. sopa molho de pesto
  • 1 molho de coentros

Preparação

  1. Prepare o puré de batata com o leite, seguindo as indicações da embalagem.
  2. Ligue o forno nos 200º C.
  3. Triture, numa picadora, o miolo da broa, juntamente com a amêndoa, o dente de alho descascado e o tomate seco.
  4. Adicione 1 colher de sopa do azeite da conserva do tomate e volte a triturar rapidamente. Reserve a mistura.
  5. Corte a courgette em rodelas bem finas e espalhe-as sobre um tabuleiro de forno. Tempere-a com metade do sal, pimenta e o restante azeite da conserva do tomate seco e mexa bem.
  6. Coloque os lombos de bacalhau sobre a courgette e tempere-os com o restante sal e pimenta.
  7. Barre-os com o molho pesto, cubra-os com a mistura de broa e leve ao forno durante 15 minutos.
  8. Pique os coentros e quando o puré de batata estiver pronto junte-lhe os coentros, misturando muito bem.
  9. Sirva o bacalhau com o puré de coentros.

3 - Peru recheado com pesto de espinafres e puré

Para um almoço de família e amigos, prepare este peru recheado com pesto de espinafres. Todo o sabor da carne tenra e suculenta, para acompanhar com puré de couve-flor com batata-doce.

Ingredientes para a carne

  • 1 peito de peru (1 kg)
  • 1 emb. folhas de espinafres
  • 100 g queijo feta
  • ½ molho coentros
  • 2 dentes de alho
  • 2 c. sopa azeite
  • qb pimenta de moinho
  • 40 g amêndoa laminada
  • ½ pimento vermelho
  • ½ pimento amarelo
  • 2 fatias compridas de courgette
  • 1 c. café sal
  • 2 c. sopa mostarda Dijon
  • 1 dl vinho do Porto

Ingredientes para o puré

  • 1 kg batata-doce de polpa amarela
  • 600 g couve-flor em floretes
  • 2 c. chá sal
  • qb pimenta moinho
  • qb noz-moscada
  • 1 c. sopa caril em pó
  • 1 lima
  • qb cebolinho

Preparação

  1. Peça no talho para abrirem o peito de peru em retângulo de modo a poder ser recheado.
  2. Coloque os espinafres num robot de cozinha, juntamente com o feta em cubos, os coentros previamente lavados, os alhos descascados e uma colher de sopa de azeite, e triture até obter uma pasta.
  3. Tempere com um pouco de pimenta, adicione a amêndoa laminada e volte a triturar, rapidamente, de modo que a amêndoa fique grosseira. Barre a carne com esta pasta.
  4. Lave os pimentos e corte-os em tiras a todo o comprimento. Corte as fatias de courgette em palitos a todo o comprimento e disponha os legumes, em linha, no centro do peito de peru. Enrole e ate com fio de cozinha.
  5. Pré-aqueça o forno na função calor estático a 130º C.
  6. Esfregue o rolo de carne com uma colher de chá de sal. Aqueça uma colher de sopa de azeite numa frigideira larga e aloure o rolo de peru de todos os lados, em lume forte. Retire a carne para um tabuleiro de forno.
  7. Reduza o lume e deite a mostarda e o vinho do Porto na frigideira em que alourou a carne. Deixe ferver, mexendo sempre até dissolver a mostarda, e deite este molho sobre a carne. Leve ao forno cerca de 1 hora e 50 minutos, virando 2 a 3 vezes durante a assadura.
  8. Descasque as batatas, corte-as em pedaços e deite-as num tacho, juntamente com os floretes de couve-flor, previamente lavados. Adicione água até cobrir os legumes e deixe-os ferver suavemente até estarem tenros.
  9. Escorra um pouco da água da cozedura dos legumes e reserve-a. Tempere os legumes com o restante sal, um pouco de pimenta e uma pitada de noz-moscada. Adicione o caril, raspa da casca e um pouco do sumo da lima e triture tudo com a varinha mágica até obter um puré homogéneo. Se necessário, junte um pouco da água da cozedura dos legumes para obter a consistência pretendida.
  10. Salpique com cebolinho picado.

4 - Cabrito no forno com castanhas

Esta versão de cabrito no forno com castanhas e legumes tem aroma a Inverno. Reúna a família e prepare este prato reconfortante, completo e repleto de sabor.

Ingredientes

  • 6 dentes de alho
  • 1 c. de sopa + 1 c. de sobremesa sal
  • 1 c. de sopa alecrim seco
  • 1 c. de sobremesa pimentão-doce
  • 3 c. de sopa azeite
  • 1,5 kg cabrito cortado em pedaços
  • qb pimenta
  • 1 kg castanhas
  • 500 g cenoura
  • 200 g cebola
  • 100 g talos de aipo
  • 1,5 ml vinho da Madeira
  • 30 g manteiga
  • qb alecrim fresco

Preparação

  1. Pré-aqueça o forno a 220° C.
  2. Numa tigela, junte os dentes de alho picados, o sal, o alecrim seco, o pimentão-doce e 2 colheres de sopa de azeite e misture bem.
  3. Envolva os pedaços de cabrito com este preparado. Salpique com a pimenta e deixe marinar no frigorífico algumas horas.
  4. Num tacho, coza as castanhas mas retire-as ainda um pouco rijas. Deixe arrefecer, descasque-as e tire-lhes a pele, evitando parti-las.
  5. Unte um tabuleiro com azeite, disponha o cabrito e leve ao forno.
  6. Corte as cenouras em rodelas, a cebola em gomos e o aipo em pedaços e adicione-os à carne após 20 minutos no forno.
  7. Reduza a temperatura para 180°C e deixe cozinhar 60 minutos. De vez em quando, regue o assado com o caldo que se vai formando.
  8. Num tacho pequeno, junte 1 ml de vinho da Madeira, a manteiga e sal e leve ao lume até derreter.
  9. Adicione as castanhas ao cabrito, regue com o restante vinho da Madeira e continue a cozer até ficarem tenras, mas não desfeitas.
  10. Salpique com folhas de alecrim fresco e sirva bem quente.

5 - Rabanadas de ananás dos Açores

Esta receita de rabanadas de ananás é uma receita reinventada. Ainda mais suculenta, acompanhada com fruta, servida com calda de mel e citrinos.

Ingredientes para as rabanadas

  • 600 g ananás
  • 2 c. sopa manteiga
  • 2 c. sopa açúcar
  • 2,5 dl açúcar
  • 2,5 dl leite meio-gordo
  • 8 fatias finas de pão de rabanadas (p. ex. cacete)
  • 1 ovo XL
  • 3 dl óleo (para fritar)

Ingredientes para a calda

  • 2,5 c. sopa mel
  • 1 dl Moscatel
  • 1,5 dl água
  • 1 pau de canela
  • 1 limão
  • 1 laranja (casca)
  • 4 morangos
  • 100 g groselhas
  • 1 c. sopa açúcar em pó
  • qb hortelã

Preparação

  1. Descasque o ananás e corte-o em meias-luas. Aqueça a manteiga numa frigideira, adicione metade do açúcar e deixe alourar um pouco o ananás. Reserve.
  2. Para a calda, junte o mel, o moscatel e a água num tacho, adicione o pau de canela e o vidrado da casca dos citrinos (sem a parte branca) e deixe ferver 3 a 4 minutos.
  3. Aqueça ligeiramente o leite com o restante açúcar.
  4. Passe o pão pelo leite, e em seguida pelo ovo batido, e frite-o numa frigideira, com o óleo bem quente. Retire e escorra sobre papel absorvente.
  5. Coloque metade das rabanadas num recipiente e por cima de cada uma disponha duas meias-luas de ananás, tapando com outra fatia de pão. Decore com metades de morango e cachos de groselha.
  6. Regue com a calda, polvilhe com o açúcar em pó e decore com a hortelã.

6 - Pudim de gemas

Há quem meça o valor dos doces pela quantidade de ovos que levam. Este pudim de gemas leva nem mais nem menos que 12 gemas e é, simplesmente, magnífico.

Ingredientes

  • 400 g açúcar
  • 3,5 dl água
  • 20 g manteiga sem sal
  • 1 casca de limão
  • 1 pau de canela
  • 12 gemas de ovo
  • 0,5 dl vinho do Porto

Preparação

  1. Pré aqueça o forno a 180ºC.
  2. Ponha num tacho 300 g de açúcar, 3 dl de água, a manteiga, a casca do limão e o pau de canela e leve a lume brando. Ferva 2 minutos e retire.
  3. Bata as gemas com o vinho do Porto até obter um creme fofo e esbranquiçado.
  4. Retire a casca do limão e o pau de canela da calda e envolva-a com o creme de gemas, mexendo bem.
  5. Prepare um ponto de caramelo com o restante açúcar e 0,5 dl de água.
  6. Deite-o na forma e gire-a para forrar bem, adicionando em seguida o preparado de ovos.
  7. Leve ao forno em banho-maria durante 1 hora. Deixe arrefecer completamente antes de desenformar.

Estas são apenas 6 das milhares de receitas de natal que pode fazer aí por casa este ano se não é fã de comer o típico bacalhau cozido e o cabrito assado com batatas.

E por ai quais as receitas que não podem faltar aí em casa neste natal?

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.