<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

Crédito Pessoal Formação: Para um financiamento de 8.000€, com a TAEG de 6,2% e TAN de 4,10% o prazo de reembolso é de 36 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 237,14€. MTIC: 8.748,24€ dos quais 8.000€ reembolsam o capital concedido e 748,24€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Crédito Consolidado: para um financiamento de 20.000€, com a TAEG de 13,1% e TAN de 11,10% o prazo de reembolso é de 84 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 348,20€. Montante total imputado ao consumidor: 29,776,80€ dos quais 20.000,00€ reembolsam o capital concedido e 9.776,80€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Qual o melhor crédito habitação

Uma casa é um património que durará toda a vida. Portanto, ao escolher uma, deve levar em conta que as prestações não sejam excessivas e permitam cobrir as despesas necessárias. Mas como escolher o melhor crédito habitação que se adapta às suas necessidades e perfil?

A verdade é que existem alguns pontos a ter em consideração, e é sobre isso mesmo que vamos falar hoje.

Melhor crédito habitação: Como escolher o melhor

Para conhecer o estado das suas finanças, estabeleça um orçamento. Defina quanto do que economizou pode usar para dar uma entrada na compra da casa.

Isso porque os bancos ou instituições financeiras com crédito habitação emprestam, em média, entre 80% e 90% do valor da propriedade. Portanto, deve ter esses 10% a 20% anteriormente para dar o adiantamento e 8% a mais para cobrir os custos iniciais (avaliação, seguro, escrituras, abertura de crédito, entre outras despesas).

Além do dinheiro que já acumulou, considere mais uma questão no seu orçamento: o pagamento mensal que pode pagar.

Os especialistas recomendam que não exceda 35% do seu rendimento para manter a dívida sob controlo, uma vez que é uma taxa que terá que pagar durante entre 20 a 40 anos, períodos nos quais os créditos habitação são geralmente concedidos.

Encontre a casa dos seus sonhos

Feito este exercício, é altura de começar a procurar a casa dos seus sonhos. Lembre-se de, além dos acabamentos, tamanho e dos seus gostos pessoais, verificar se a agência imobiliária com a qual está a trabalhar é confiável e tem um histórico comprovado para garantir que cumpra os prazos e condições de entrega.

Caso procure um imóvel usado, pesquise os antecedentes do proprietário anterior para não ter problemas adicionais ou surpresas desagradáveis.

Além disso, deve levar em consideração a localização.

  • Existem grandes avenidas ou serviços de transporte público nas proximidades?
  • O bairro tem problemas com o fornecimento de serviços públicos, como água, gás ou eletricidade?
  • Que outros tipos de serviços estão por perto: praças comerciais, bancos, jardins, escolas, escritórios?
  • É uma área nova, moderna ou estratégica da cidade?

Todos estes fatores são importantes porque são eles que podem agregar valor à sua propriedade, que adquirirá mais valor ao longo do tempo.

Se o orçamento que possui não for suficiente, não peça mais dinheiro emprestado ou estenda ainda mais o prazo de pagamento, pois as probabilidades de falha serão maiores. É melhor continuar a procurar até encontrar o que realmente pode comprar. Paciência e persistência são fundamentais.

Encontre o melhor crédito habitação

Depois de definir o seu orçamento e localizar a propriedade que deseja comprar, é hora de abordar as diferentes instituições de crédito ou um consultor financeiro, para avaliar qual o melhor crédito habitação para si.

Às vezes, algumas agências imobiliárias têm acordos anteriores com algumas empresas financeiras. No entanto, a última palavra para decidir com quem adquirir o crédito é sua.

Como vê, comprar uma casa e escolher o melhor crédito habitação é algo que deve ter sempre em consideração antes de dar o passo em frente.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.