<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Qual o melhor crédito habitação?

Crédito habitação – O que precisa ter em mente antes de escolher

É importante que saiba que antes de dar seguimento à compra de uma casa, existem diversas variáveis a ter em conta, uma vez que este tipo de financiamento requer imensa ponderação.

Assim sendo, damos-lhe algumas dicas que poderá seguir de forma a fazer a escolha do melhor crédito habitação para as suas necessidades.

1 – Analise a sua situação financeira

Estamos numa altura em que o arrendamento é uma opção para inúmeras pessoas, contudo, devido aos preços (absurdos) que são praticados, a compra de casa é cada vez mais uma opção viável.

Assim sendo, tenha em conta que para encontrar o melhor crédito habitação precisa de analisar (a sério) a sua situação financeira, a estabilidade no local de trabalho, assim como as evoluções previstas na sua família.

Se a sua família tem um orçamento mensal instável mesmo sem ter várias contas para pagar a meio do mês já está sem dinheiro, é capaz de ser uma opção, não comprar casa, pelo menos por agora.

Para comprar casa, é importante que tenha a sua vida organizada, e que, preferencialmente tenha algum dinheiro para dar de entrada, já que os financiamentos a 100% não são assim tão simples de encontrar.

2 – Use o máximo de simuladores possíveis

Contrariamente ao que a maioria dos consumidores julga, a verdade é que a variação de 1% no valor do spread influencia imenso o valor mensal que irá pagar pelo seu crédito habitação.

Mas então, como saber qual a melhor opção? Pois bem, a melhor forma de perceber qual é a melhor alternativa para si, passa simplesmente por recorrer aos simuladores dos bancos ou de entidades independentes.

Lembre-se que a grande maioria dos bancos irá propor-lhe taxas e propostas de venda cruzada (contratação de outros produtos, como seguros) muito diferenciadas no mercado e que lhe podem (eventualmente) permitir obter um spread mais baixo.

Mas, é também essencial perceber que nem sempre um spread mais baixo significa que o montante total a pagar é menor. Muitas vezes irá pagar mais (logo é essencial fazer bem as contas antes de contratar o financiamento.

Ao realizar as suas simulações, veja com diversas taxas (fixas, variáveis e mistas), com diferentes prazos, com acesso ou não a produtos suplementares…

Além disso, a sua taxa de esforço (valor total de créditos que tem em vigor) não ultrapassa os 40% do valor auferido pelo agregado familiar.

3 – Veja bem os produtos adicionais

Tal como lhe dissemos anteriormente, a verdade é que muitos bancos dão-lhe a possibilidade de baixar o spread com a contratação de produtos adicionais como domiciliação de ordenado, contratação de um cartão de crédito, pagamento das despesas mensais correntes através de débito direto… enfim…

Assim sendo, se quer contratar o melhor crédito habitação é essencial que verifique se algum dos produtos não irá agravar o valor do crédito.

Compare sempre as taxas anuais efetivas revistas (TAER), uma vez que estas já refletem o spread, a indexação à Euribor, os custos do processo e os custos inerentes à subscrição de outros produtos da instituição. 

Só com uma análise aprofundada é que vai com toda a certeza conseguir obter o crédito habitação mais adequado às suas necessidades. Contudo, tenha em mente que esta não vai ser uma tarefa simples.

4 – Lembre-se dos vários custos associados

Tenha sempre em conta que ser proprietário de uma casa obriga a suportar outros custos regulares (sem ser água, luz, gás e televisão), que devem ser tidos em conta no orçamento mensal familiar e que são essenciais na hora de escolher a melhor casa para si.

Estamos a falar por exemplo dos seguros de vida para os titulares do empréstimo, do seguro da casa (ambos podem ser contratados dentro ou fora do banco – seguro multirriscos), da quota do condomínio e do imposto municipal sobre imóveis (IMI).

Além disto, no momento da aquisição, terá de pagar o imposto de selo e o IMT, bem como os registos e escritura.

Tudo isto tem custos relativamente altos e que não podem ser descurados sob qualquer circunstância.

Exemplos práticos de simulação de crédito habitação

De forma a que perceba o quão é importante realizar uma simulação de crédito, deixamos-lhe o exemplo seguinte, em que o mesmo pedido de financiamento tem valores bastante distintos entre dois bancos.

Exemplo 1

A Filipa e o João querem comprar a sua nova casa. Trata-se de um T2, situado em Oleiros. O valor do imóvel é de 100.000€ e será solicitado um financiamento de 85.000€, com um prazo de pagamento de 30 anos.

De acordo com os dados indicados, o Simulador crédito habitação DECO indica que existem 2 créditos distintos que podem ser uma boa alternativa.

Caixa Geral de Depósitos – Regime Geral

Informações Gerais

·        Montante - € 85.000,00

·        Valor imóvel - € 100.000,00

·        Prazo - 30 anos

·        Prestação mensal - € 354,17

·        TAN - 2,851 %

·        TAE Máx. - 3,028 %

·        Spread Máx - 3 %

·        Indexante - 12 meses

Despesas de Processo

·        Comissões de entrada - € 617,98

·        Avaliação - € 239,20

·        Comissões periódicas - € 2.6 Mensal

Detalhes do seu empréstimo

·        Juros (prestação) - € 201,95

·        Montante amortizado (prestação) - € 149,62

·        Juros finais (total) - € 41.564,89

·        Custo total do empréstimo (juros + montante pedido) - € 126.564,89

Valor final, com todos os custos associados

·        Prestação mensal calculada - € 354,17

Banco BIC Português – Habitação Própria  

Informação geral

·        Montante - € 85.000,00

·        Valor imóvel - € 100.000,00

·        Prazo - 30 anos

·        Prestação mensal - € 370,09

·        TAN - 3,22 %

·        TAE Máx. - 3,364 %

·        Spread Máx. - 3,55 %

·        Indexante - 3 meses

Despesas de Processo

·        Comissões de entrada - € 395,20

·        Avaliação - € 246,00

·        Comissões periódicas - € 1.56 Mensal

Detalhes do seu empréstimo

·        Juros (prestação) - € 228,08

·        Montante amortizado (prestação) - € 140,44

·        Juros finais (total) - € 47.669,82

·        Custo total do empréstimo (juros + montante pedido) - € 132.669,82

Valor final, com todos os custos associados

·        Prestação mensal calculada - € 370,09

Como vê, para o mesmo financiamento existe uma diferença entre os bancos de 15,92€ mês (o que ao final de 30 anos de crédito perfaz um valor total de 5.731,2€).

Agora que já sabe como conseguir melhor crédito habitação para si e para a sua família, pondere todas estas questões antes de pensar comprar a sua casa.

Se precisar de ajuda para encontrar o melhor crédito habitação para a aquisição da sua nova casa, não hesite em contactar-nos pois estamos à sua inteira disposição para qualquer esclarecimento adicional.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.