<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Se quer mesmo poupar no supermercado não compre estas 7 coisas

Se pensarmos bem, o supermercado seria provavelmente um dos locais onde é mais fácil poupar. Afinal temos tudo o que precisamos num só lugar! Contudo, não é bem assim.

Todos os supermercados fazem de tudo para atrair os seus clientes. Seja com prémios, descontos, ofertas, promoções… Mas, se pensarmos bem tudo isso não passa de estratégia de marketing (normalmente muito bem conseguida).

Ou seja, os supermercados aplicam valores baixos em alguns produtos de forma a atrair os seus clientes e, consequentemente estes clientes acabam por levar muito mais itens para casa.

E, se pensarmos bem, são estes produtos agregados que dão lucro aos supermercados. Isso porque, os valores descontados são diluídos nestes. Em suma, os supermercados nunca perdem dinheiro.

O resultado são clientes que acham que pouparam imenso devido ao valor baixo de alguns produtos, porém os produtos extra que compraram acabam por encarecer o valor final da compra.

Claro que isto não se aplica a todos os supermercados. Mas na grande maioria dos casos, realmente vale a pena refletir sobre o assunto.

Poupar no supermercado: 7 coisas que não deve mesmo comprar

Bem sabemos que o estilo de vida corrido dos portugueses nem sempre facilita a organização das compras no supermercado. No entanto, verdade seja dita, com alguns cuidados é efetivamente simples não gastar tanto dinheiro.

Hoje apresentamos-lhe 7 produtos que não deve comprar no supermercado se quer realmente poupar.

1 - Frutas e legumes

Pode não parecer, mas as frutas compradas em feiras de rua, mercearias ou frutarias são na maioria das vezes mais baratas que nos supermercados.

Além disso, as frutas e legumes comprados nestes lugares são mais frescas e com menos conservantes. Assim, além de poupar dinheiro no supermercado, a sua vida fica mais saudável.

Mas, se gosta da praticidade e prefere daquelas opções de frutas ou legumes já cortadas e embaladas, saiba que, além destes produtos se estragarem mais rapidamente o gosto não é o mesmo.

O mesmo vale para batatas congeladas. Muitas marcas usam outros produtos para manter a validade, fazendo com que a batata perca qualidade e nutrientes que são importantes.

2 - Carne ou peixe

Se tem um talho ou um mercado de peixes perto da sua casa ou do seu trabalho, aconselhamos conhecer o local. Pesquise os preços, pois na maioria dos casos são bastante mais baratas que em supermercados.

Em talhos, geralmente, a qualidade e o corte da carne são melhores, e ainda tem a opção de pedir o corte da maneira que mais gosta.

No caso da peixaria, além dos preços mais baixos, a qualidade e a variedade dos peixes são muito melhores. E se mora em regiões costeiras, consegue peixes muito mais frescos do que no supermercado.

Esta dica pode surpreender-te, pois, além de lhe permitir poupar, permite-lhe melhorar a qualidade da sua comida na hora de alimentar-se.

3 – Alimentos das estações erradas

É fácil encontrar produtos fora de época à venda em supermercados. Mas, cuidado com estes produtos que estão o ano todo nas prateleiras.

Os valores destes itens podem variar absurdamente, e claro dependendo do produto e a forma que está armazenada é possível ter uma quantidade de conservantes considerável.

4 – Chás ou ervas aromáticas

Ervas aromáticas compradas em supermercados perdem a sua validade rapidamente, e se comprar aqueles congelados, o aroma não é o mesmo que o da opção natural.

Se puder, plante em casa, mesmo que em locais pequenos pode colocar pequenos vasos em parapeitos.

Caso não tenha tempo nem espaço, pode procurar uma horta próxima da sua casa, assim sempre terá produtos frescos que lhe permitem melhorar a sua qualidade de vida.

O mesmo vale para os chás. Não existe chá melhor do que aquele preparado em casa. A qualidade dos chás industrializados são muito inferiores.

5 – Molhos

Semelhantemente ao processo de confecionar em casa os seus produtos naturais, é possível fazer molhos em casa.

Existem inúmeras receitas de molhos que pode aceder pelo seu site de buscas preferido. Esta é uma modalidade simples, prazerosa e barata para se fazer.

Algumas das opções mais comuns são: molho de tomate, molho de francesinha, molho cocktail, maionese…

6 – Especiarias industrializadas

Um novo movimento cada vez mais comum no nosso país, são as lojas que vendem produtos a granel, através de espaços alternativos.

Com preços muito mais acessíveis e alimentos mais frescos, é possível poupar no supermercado.

Além disso, estes produtos são muito melhores para a sua saúde, pois os produtos vendidos em supermercado além de industrializados, são caros.

7 – Pipocas de micro ondas

Além de ser super fácil para preparar, as pipocas são muito mais saudáveis que outros aperitivos - se preparadas de forma natural.

É ótima para o sistema digestivo, controla a absorção de açúcar no organismo, o colesterol, sistema cardiovascular, é antioxidante e ajuda no combate a doenças degenerativas e cancro. 

E, além disso, o sabor da pipoca natural é muito melhor.

Estes são apenas 7 dos muitos produtos que não deve comprar em grandes cadeias principalmente se quer poupar no supermercado.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.