<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

Crédito Pessoal Formação: Para um financiamento de 8.000€, com a TAEG de 6,2% e TAN de 4,10% o prazo de reembolso é de 36 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 237,14€. MTIC: 8.748,24€ dos quais 8.000€ reembolsam o capital concedido e 748,24€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Crédito Consolidado: para um financiamento de 20.000€, com a TAEG de 13,1% e TAN de 11,10% o prazo de reembolso é de 84 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 348,20€. Montante total imputado ao consumidor: 29,776,80€ dos quais 20.000,00€ reembolsam o capital concedido e 9.776,80€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

O que é o seguro habitação e como o contratar

Pode-se definir um seguro habitação, em termos simples, aquele que tem como objetivo salvaguardar um imóvel face a danos que lhe sejam causados.

É importante não confundi-lo com o seguro de incêndio, obrigatório por lei para propriedades horizontais. Este abrange os riscos de danos provocados à habitação por incêndio, fumo, explosão ou tempestades.

Apesar de não ser obrigatório, salvo em casos de contratação de crédito habitação, é aconselhável que proteja a sua casa com um seguro multirriscos.

Neste artigo vamos explicar tudo o que precisa saber sobre o seguro habitação, e como o contratar.

Seguro habitação: Para que serve e como contratar

Ao contratar um financiamento à habitação, os bancos tradicionalmente propõem a contratação do Seguro Multirriscos-Habitação, ou simplesmente seguro habitação, o qual inclui diversas coberturas, como inundações, roubo ou tempestades.

Uma casa pode estar vulnerável aos mais diversos tipos de danos e riscos, por este motivo é altamente recomendável contratar este tipo de seguro.

Este é capaz de proporcionar soluções para diferentes tipos de problemas, sejam eles casos mais críticos e improváveis e outros mais frequentes, mesmo que não sejam tão graves.

Quais são as coberturas deste tipo de seguro?

Um seguro multirriscos engloba, normalmente, um conjunto de coberturas pré-determinadas e que envolvem o edifício em si, bem como o recheio.

É possível subscrever o seguro em ambas as modalidades, ou em separado. É também possível adicionar coberturas complementares que terão influência no valor do prémio.

De acordo com a Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, o Seguro Multirriscos-Habitação pode garantir:

  • A reparação de danos causados no edifício, na própria fração ou noutras frações, por ocorrência de riscos distintos do incêndio como, por exemplo, inundações, tempestades e riscos elétricos
  • A reparação de danos causados nos bens móveis da habitação
  • Indemnização por furto ou roubo
  • A responsabilidade civil do segurado e pessoas do seu agregado familiar (caso seja necessário indemnizar terceiros por danos causados)
  • Indemnizações por morte do segurado ou cônjuge, em consequência de incêndio, queda de raio, explosão ou roubo, quando ocorrida na habitação

Em todo caso, é importante que a lista de situações contempladas pelo seguro seja adequada às expetativas do cliente em questão e ao seu estilo de vida. Portanto, para garantir o melhor contrato deve contar com um corretor de seguros.

Este é o profissional que faz a intermediação entre seguradora e os consumidores e que conhecem muito bem o mundo dos seguros, os seus produtos, sabem como funcionam as seguradoras e quais são as mais apropriadas para cada cliente específico.

Dicas para contratar um bom seguro habitação

Veja a seguir algumas dicas que o vão ajudar na hora de contratar um seguro para sua casa.

1 - Defina suas necessidades

Quando pensar em contratar um seguro habitação deve ponderar sobre o que deseja, de fato, proteger.

Por exemplo, pretende apenas cobertura do edifício ou quer estender o seu seguro ao recheio? Deve sempre fazer uma análise de acordo com a sua realidade e necessidade.

Apesar dos seguros multirriscos já contemplarem, na sua base, determinadas coberturas, poderá sempre adaptá-lo e ajustá-lo às suas necessidades específicas adicionando coberturas complementares.

2 - Quanto pretende pagar

Deve planear previamente o valor que pretende gastar com o seu seguro habitação, para que possa gerir bem as suas finanças pessoais e perceber qual a disponibilidade para contratar determinadas coberturas.

3 - Compare as várias ofertas

É preciso procurar propostas e comparar as várias ofertas. Fazer simulações online é importante, uma vez que permite uma comparação das ofertas existentes no mercado, facilitando o processo de escolha.

Procure o máximo de informações possível acerca das franquias e critérios utilizados por cada seguradora para determinar o valor das indemnizações quando efetuar as comparações e ofertas.

4 - Negoceie com a seguradora

Por fim, ao decidir pela oferta mais adequada a si, não deixe de negociar a proposta final com a seguradora. Questione sobre a possibilidade de condições especiais, descontos ou formas de tornar a proposta mais atrativa.

O seguro habitação passa a vigorar assim que o contrato entre o segurado e a seguradora é celebrado e tem, por norma, a duração de um ano, sendo prorrogado automaticamente por novos períodos de um ano.

Contrate seu seguro e fique tranquilo com a garantia de ter a sua casa protegida.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.