<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

O que é o Paleo - Tudo o que precisa saber sobre este estilo de vida

Paleo – Será que conhece este estilo de alimentação saudável?

Já imaginou comer como os nossos antepassados de há 330 gerações?

Pois bem, de acordo com este estilo de vida, é exatamente isso que se trata quando falamos da dieta do Paleolítico ou mais facilmente dieta do Paleo.

Mas, este tipo de alimentação não tem apenas como principal intuito a perda de peso. A mesma permite obviamente emagrecer, mas também protege-nos da diabetes, acne e doenças cardiovasculares. Será?

Há mais de 10 mil anos, a agricultura ainda não existia e os humanos estavam dependentes do que a terra espontaneamente lhe oferecia. Estávamos no Paleolítico, quando ainda nem o fogo tinha sido descoberto. Caçava-se, comia-se sementes e frutos da época, marisco, peixe e ovos.

O açúcar, as leguminosas, os lacticínios, os cereais, a batata e, claro, os alimentos processados estavam fora do cardápio da espécie humana (por isso é que os nossos antepassados eram todos magrinhos e nenhum sofria de obesidade). É neste cenário que se inspira a Dieta Paleo.

Mas como seguir este estilo de vida? Pois bem, de certa forma, tem de pensar que vive há mais de 10.000 anos atrás e adaptar a toda a parafernália de comidas que existem hoje em dia (não, não vai ter de sair para caçar, mas se conseguir criar um porquinho, a carne será bem mais saborosa do que aqueles de produção massiva).

1 – Dieta sem cereais e sem açúcares

A verdade é que a agricultura está cada vez mais mecanizada. A ingestão de frutos, legumes, oleaginosas, carne e peixe, tudo o que é permitido na Dieta Paleo, foi secundarizada por uma alimentação mais pobre em fibra mas rica em açúcar, farinha e todos os seus derivados (como pão ou bolachas).

Contudo, é precisamente esta alimentação moderna processada, centrada no consumo de hidratos de carbono, que é apontada por várias pessoas como a principal origem das muitas doenças da sociedade ocidental.

A lista não é propriamente pequena, e inclui muitas das patologias autoimunes, reumáticas e relacionadas com a síndrome metabólica, obesidade, hipertensão, alteração do perfil lipídico (dislipidemia ou colesterol elevado), hipertrigliceridemia, diabetes tipo 2… enfim, toda uma quantidade de doenças que todos nós já ouvimos eventualmente falar. 

As fontes de hidratos de carbono permitidas neste estilo de alimentação focado no paleolítico (frutos e vegetais), têm um baixo índice glicémico.

Basicamente, isto quer dizer que provocam aumentos lentos e limitados dos níveis de açúcar e de insulina no sangue (tenha em mente que os níveis excessivos de insulina e açúcar na corrente sanguínea são conhecidos por promover um grupo de doenças da síndrome metabólica).

2 – Aposta na proteína

A verdade é que um dos pilares base desta alimentação é a ingestão de doses muito generosas de proteínas (tanto animal como vegetal), cujo efeito termogénico é duas a três vezes superior ao das gorduras ou dos hidratos de carbono.

E o que é que isso quer dizer? Pois bem, significa que aumentam o metabolismo, e acelera, o emagrecimento.

Quais as vantagens e desvantagens da dieta do Paleo?

Pois bem, tal como em tudo na vida, existem imensas vantagens e desvantagens associadas a este estilo de alimentação.

E desta forma, e de modo a que possa ponderar a adesão à mesma (existe até um grupo no Facebook designado por “Paleo Descomplicado” que contém a maior comunidade nacional dedicada ao paleo – mais de 250.000 pessoas), apresentamos-lhas de seguida.

Vantagens

As principais vantagens deste tipo de alimentação são as seguintes:

·        É rica em fibras, proteínas, vitaminas, minerais e antioxidantes.

·        Oferece uma grande quantidade de óleos polinsaturados essenciais (ómega 3).

·        Exclui grande parte dos hidratos de carbono, o que facilita o emagrecimento.

·        Não contém lácteos ou derivados. Grande parte das doenças reumáticas tem vantagens na exclusão de laticínios, principalmente do leite.

·        Contempla uma exclusão de comida processada.

·        Tem um baixo consumo de sal.

·        Pode ser uma forte aliada para uma alimentação mais saudável.

Desvantagens

Pois bem, tal como em tudo na vida podem existir algumas desvantagens associadas a este tipo de alimentação, das quais podemos frisar:

·        A carência de hidratos de carbono pode resultar em falta de energia.

·        É difícil de pôr em prática devido ao seu fundamentalismo em termos de opções alimentares.

·        Não está adaptada à vida moderna. Apesar da prática de exercício físico, o homem moderno não gasta tanta energia como o que viveu na era do Paleolítico.

·        Implica uma monotonia na alimentação. Não contém três (laticínios, leguminosas, cereais) dos sete grupos da Roda dos Alimentos.

Se quer saber um pouco mais sobre quais os alimentos permitidos (ninguém lhe vai dizer que não pode comer alguma coisa – embora não deva obviamente comer alguns produtos – pode fazê-los em casa de forma mais saudável, já que tudo pode ser substituído), conheça o site www.paleoxxi.com.

Acredite que conhecemos imensos casos de pessoas que conseguiram mudar drasticamente a sua vida ao mudar para uma alimentação mais saudável.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.