<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Erros a evitar quando escolher o vestido de noiva

Sejamos realistas, escolher o vestido de noiva não é uma tarefa assim tão simples, é algo que dá trabalho, precisa de tempo e acima de tudo, precisa de um orçamento (que digamos de passagem é sempre muito simples de ultrapassar).

Assim sendo, se vai casar nos próximos tempos, este artigo é para si. Iremos indicar-lhe 10 erros a evitar na compra e escolha do vestido mais importante da sua vida. Conheça-os de seguida.

Escolher o vestido de noiva – 10 erros a evitar

Tendo em conta a vasta oferta existente no mercado, escolher um vestido de noiva pode não ser propriamente a tarefa mais simples do mundo.

Mas indicamos-lhe de seguida os erros mais comuns, para não os cometer.

1 – Não ser racional

Uma vez que escolher o vestido de noiva é uma tarefa complicada, é importante que escolha e experimente diversos modelos até conseguir encontrar aquele que para si é o ideal.

Mas, é importante que não decida sem que antes pondere bem se é mesmo aquilo que procura e que quer. Mais vale pensar antes de comprar do que estar depois a pensar se tomou ou não a decisão certa.

2 – Escolher o primeiro vestido que adora

Comprar um vestido de noiva não é o mesmo que comprar um vestido para ir a um casamento.

Não compre logo o primeiro modelo que acha que lhe assenta que nem uma luva. Aqui, o segredo é experimentar tudo o que há na loja, e visitar várias lojas. Só depois de esgotar as alternativas é que poderá dar o passo em frente.

Avance para a decisão quando estiver segura de qual é o corte, o tecido, a cor e tantos outros aspetos com que mais se identifica.

3 – Ultrapassar em larga escala o orçamento

Quando se começa a planear um casamento, os orçamentos são o primeiro ponto a ter em mente, por isso, é essencial que não descure do mesmo no momento de comprar o seu vestido de noiva.

Desta forma, uma boa maneira de não o ultrapassar, passa por definir desde o início do atendimento que tem um valor específico que não pretende ultrapassar.

Assim, vai prevenir que se “apaixone” por um vestido que não vai de todo ao encontro do valor pré-estabelecido no seu orçamento.

4 – Deixar que outras pessoas tomem a decisão

Pois bem, é o seu dia de casamento, é o seu vestido de noiva, é a sua escolha acima de qualquer outra coisa!

Não deixe de forma nenhuma que, outras pessoas tomem esta decisão por si!

Como é óbvio ter uma opinião de alguém que não a nossa própria consciência pode ser, claro, extremamente útil. Mas isso não quer dizer é que essa opinião (ou outra qualquer) seja pertinente!

Não deixe que escolham por si, e compre aquele vestido de noiva que a deixa completamente KO.

5 – Lembre-se do seu próprio estilo

Se no dia a dia tem o seu próprio estilo, a verdade é que quando for escolher o vestido de noiva é importante que acima de tudo o respeite.

Abracem o vosso estilo, e não deixem que nada vos tire o foco. A verdade é que daqui a muitos anos não vai querer olhar para as fotografias do casamento e pensar “onde raio é que eu tinha a cabeça”.

6 – Não considerar o tecido de que o vestido é confecionado

Assim que sai da loja ou do atelier com aquele que será o vestido com o qual arrasará no dia do seu casamento, ele está brilhante, surpreendente e pronto a usar.

No entanto, ao vesti-lo no dia do casamento, no meio de tanto abraço e festa, o tecido pode engelhar-se e amarrotar-se.

Assim sendo, considere sempre esta questão, e escolha algo que além de confortável, se mantenha lindo e impecável todo o dia!

7 – O vestido é um todo

Pois bem, se escolher o vestido de noiva mais tchan da loja, pode ser complicado depois dar visibilidade a outros pormenores importantes como um colar, os brincos, os acessórios.

Enfim, deve tentar colocar em prática a máxima de “menos é mais” e vai ver que tudo irá correr na perfeição.

8 – O conforto é essencial

De nada lhe vai valer comprar um vestido de noiva que é lindíssimo, mas extremamente desconfortável.

Perceba se as varetas não a magoam, se não a aperta demasiado, que a impossibilita de dançar, se não está sempre a cair (no caso de ser cai cai)…

Experimente andar com ele na loja, mexer-se, sentar-se, dançar… enfim, fazer um pouco de tudo aquilo que irá fazer no dia do casamento. Só assim vai perceber se é ou não a escolha mais acertada para si!

9 – Pense no seu corpo

Sejamos realistas. Encontrou um vestido de noiva que é lindo, que adora, mas que na verdade não lhe assenta de todo bem.

Neste caso, é importante que saiba desconsidera-lo! Tal como faria com qualquer peça de roupa no dia a dia. O vestido tem de se adaptar ao corpo.

10 – Não ter em conta a época do ano em que vai casar

Pois bem, embora possa parecer estranho, a verdade é que muitas noivas ainda descuram na hora de escolher o vestido de noiva da data e época do ano em que vai ser o casamento.

Se casar em dezembro já nem sempre é sinal de chuva, casar em agosto também não é sinal de sol! Mas, se está a optar por casar no inverno, um agasalho pode ser importante.

Não descure esta questão e vai ver que escolher o vestido ideal não é assim tão complicado como passa imaginar à primeira vista.

Como vê, escolher o vestido de noiva ideal tem muito que se lhe diga, mas com estas dicas que lhe damos, vai ver que não é assim tão complicado.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.