<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Quais as vantagens de usar a energia solar

Contrariamente ao que a grande maioria das pessoas ainda pensa, os painéis de energia solar são um excelente investimento. E, o melhor de tudo é que com esta implementação, irá acabar por ter uma poupança bastante significativa a longo prazo.

E sim, antes que pense que este tipo de painéis são efetivamente um investimento caro, é preciso fazer contas e perceber o retorno que irá ter.

Tal como acontece em tudo na vida, conseguir ter retorno de algo está dependente do investimento que estiver disposto a fazer.

Assim sendo, se tem estado a analisar esta oportunidade, de seguida iremos explicar-lhe quais as maiores vantagens de usar a energia solar como forma de energia.

Energia solar: O que é e como funciona?

De forma muito resumida, a energia solar é toda a energia que é proveniente da luz e do calor do sol. Devido ao desenvolvimento tecnológico, a mesma é colhida com diferentes finalidades e através de diferentes técnicas, nomeadamente:

  • Aquecimento solar
  • Energia solar fotovoltaica
  • Energia hélio térmica
  • Arquitetura solar

Uma vez que se trata de uma fonte de energia renovável, é muito mais sustentável que outras fontes utilizadas diariamente por nós (como o petróleo, gás ou carvão).

É importante frisar que a par da sua sustentabilidade, trata-se de uma energia limpa, sem danos para a natureza e para o planeta e com um grande aproveitamento como fonte de calor. Assim, acaba por ser uma das energias mais promissoras do mundo.

Em 2016 Portugal era o 30º país com mais energia fotovoltaica instalada (tanto a nível residencial como empresarial).

Agora que já sabe o que é e como funciona a energia solar, explicamos-lhe as suas principais vantagens.

Principais vantagens e desvantagens da utilização da energia solar

Tal como acontece em tudo na vida, podemos dizer que são inúmeras as vantagens associadas à utilização de painéis de energia solar.

Se está a ponderar esta opção, de seguida explicamos-lhe não só as vantagens como algumas das principais desvantagens deste método produção energética.

Comecemos então pelas principais vantagens:

  • Não é poluente para o ambiente
  • As centrais de painéis fotovoltaicos necessitam de muito pouca manutenção
  • Os painéis solares têm cada vez mais potência e os custos acabam por ser cada vez mais reduzidos
  • A sua instalação em pequena escala (ou seja, a nível residencial) não precisa de um grande investimento
  • A sua instalação é viável em quase todo o mundo
  • Permite uma grande redução na sua conta de eletricidade
  • Em Portugal a produção é cíclica uma vez que temos sol o ano inteiro
  • Permitem gerar energia limpa, infinita e renovável
  • Ajudam a reduzir a pegada ecológica
  • Ajuda a aumentar o valor de um imóvel em caso de venda
  • A garantia dos painéis solares é ainda muito abrangente (cerca de 10 a 15 anos)
  • A sua durabilidade é superior a 20 anos
  • Não há qualquer tipo de ruído proveniente da colheita de energia solar

Estas são as vantagens. Mas, tal como dissemos existem ainda algumas desvantagens. Ora conheça-as:

  • É preciso ter meios de armazenamento da energia produzida, já que durante a noite os painéis solares não vão produzir energia
  • Países como a Islândia, Finlândia ou Nova Zelândia têm quebras enorme de produção durante os meses de inverno
  • As formas de armazenamento de energia solar são ainda pouco eficazes
  • Custos (ainda) elevados de instalação
  • Só trabalham bem em certo tipo de telhado

Porque é que apesar de ser tão vantajosa para o consumidor e para o planeta, ainda não investimos mais em painéis solares para as nossas casas ou empesas? Ora bem, explicamos de seguida.

Porque é que não investimos mais em energia solar?

A verdade é que o principal motivo pelo qual em Portugal ainda não fazemos um grande investimento em energia solar é essencialmente o custo de instalação.

Embora ao longo dos últimos anos tenha havido um decréscimo no custo dos painéis solares, os mesmos ainda são caros.

Para ter noção, dependendo do tipo de telhado (e de telha) e do tamanho do painel solar, cada painel poderá ter um custo que variar entre 8.000€ a 12.000€. A juntar a este valor, é também preciso considerar os custos de instalação, e o custo de uma bateria de armazenamento.

Assim, a verdade é que a instalação de painéis solares para produção de energia solar para residências, poderá não ser tão barato quanto isso (embora os preços tenham vindo a descer consideravelmente).

Deste modo, muitas pessoas acabam por solicitar créditos ao consumo para conseguirem implementar este tipo de energia em suas casas. Mas, a verdade é que os painéis ao final de alguns anos pagam-se a si próprios e irá ter um lucro significativo.

Se neste momento quer implementar uma energia limpa, saiba que podemos ajudá-lo com o processo de financiamento.

Se tiver alguma dúvida, não hesite em contactar-nos.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.