<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

5 dicas para conseguir um crédito pessoal online

O crédito pessoal online é, talvez, a forma mais rápida de conseguir um empréstimo, para fazer face a alguma situação de emergência ou outra situação.

São cada vez mais as pessoas que o pedem para comprar um carro, ir de férias, fazer face a uma despesa inesperada, ou simplesmente para comprarem algo que necessitam.

E, isso acontece, porque a burocracia é reduzida e o processo é cada vez mais simples, relativamente aos pedidos de crédito "tradicionais".

Mas nem tudo são vantagens. Quando falamos de um crédito pessoal online as taxas de juro neste tipo de créditos são normalmente mais altas. A instituição, além de ser bastante rápida a processar o seu pedido, está também a assumir um risco, e tudo isto tem um preço.

Crédito pessoal online: Como se processam os pedidos?

O pedido está à distância de um clique e o prazo de resposta é bastante curto, não demorando mais de 48h, na maior parte dos casos.

A par disso, o dinheiro é depositado na sua conta entre 24 a 48h, após a aprovação do crédito.

É importante frisar que existem várias instituições que disponibilizam este tipo de produtos, como a Cofidis, Cetelem, Credibom, entre outras.

O processo é bastante simples: basta preencher um formulário online, onde insere os seus dados, escolhe o valor que necessita e o prazo de pagamento.

A resposta é rápida. Caso seja positiva, será necessário confirmar todos os seus dados, assinar o contrato e enviar todos os documentos solicitados pela instituição de crédito.

Os documentos solicitados pela instituição, regra geral, são:

  • Cartão de cidadão
  • Última declaração do IRS
  • Últimos 3 recibos de vencimento (ou 6 no caso de ser trabalhador independente)
  • Comprovativo de morada

Contudo, tenha em mente que por vezes a entidade financeira poderá solicitar mais algum documento de forma a garantir a aprovação do financiamento.

5 dicas a considerar para que o seu crédito seja aprovado

Antes de pedir um crédito pessoal online, vale a pena avaliar se realmente precisa de um.

Dependendo da situação (mais ou menos urgente), pode ser possível juntar dinheiro durante alguns meses, ou pedir dinheiro emprestado a alguém próximo.

Se chegar à conclusão que só o crédito poderá resolver a sua situação, então tome nota de algumas dicas.

As mesmas vão ser importantes para conseguir obter um crédito pessoal online.

1 – Pesquise o máximo de informação

Pesquise sobre as várias instituições de crédito que disponibilizam este produto.

Informe-se, faça simulações, tire todas as dúvidas que tiver.

Fazer um pedido de financiamento sem pesquisar e comparar as ofertas existentes no mercado, é meio caminho para um mau negócio.

Dependendo do valor que está a pedir emprestado, optar por um crédito em detrimento de outro poderá poupar-lhe milhares de euros.

2 - Leia tudo com atenção

Todas as propostas de crédito são acompanhadas da FINE - Ficha de Informação Normalizada Europeia. Este documento inclui todas as especificidades daquela proposta.  

Antes de fechar contrato com alguma instituição, leia esta ficha com a máxima cautela e atenção, para ter a certeza que faz um bom negócio.

Se alguma informação não estiver clara, peça que lhe expliquem tudo em pormenor. Não podem restar dúvidas!

3 - Entregue informações completas e corretas

Deve garantir a entrega de todos os documentos à instituição, bem como a veracidade de todas as informações prestadas.

Só assim poderá ser feita uma correta análise à sua situação e conseguir um bom crédito pessoal online.

Além disso, embora o processo seja menos burocrático, as entidades financeiras conseguem ter acesso aos seus dados. Logo, não vale a pena mentir sobre informações relevantes.

4 - Peça apenas aquilo que realmente precisa

Todo o dinheiro que lhe for emprestado, será (muito bem) pago por si.

Por esta razão, peça apenas o montante estritamente necessário para resolver a sua situação.

Contrariamente ao que possa pensar é normal que as pessoas peçam mais do que aquilo que precisam. Isso acontece essencialmente porque querem aproveitar o remanescente para uma folga orçamental.

Mas, se pensar bem, todo o dinheiro que pedir a mais irá estar não só a aumentar o valor que irá pagar como também o período de pagamento do empréstimo.

Assim se apenas precisa de 5.000€, não peça 10.000€ só porque sim.

5 - A prestação deve ser sustentável

Deve garantir que valor mensal que irá pagar à instituição de crédito não afetará as restantes despesas.

Lembre-se: este crédito deve servir para o ajudar a resolver uma situação pontual, mas não pode transformar-se em mais um peso para si.

Se a sua taxa de esforço for igual ou superior a 40%, o nosso conselho é que analise as suas finanças.

Veja qual o crédito que está mais próximo de ser totalmente liquidado e comece por amortizar esse financiamento.

E voltamos a frisar: não assine nenhum contrato, se não se sentir completamente esclarecido. O crédito pessoal online é um processo rápido, porém complexo.

Tire todas as dúvidas que tiver, as vezes que precisar! E, se precisar entre em contacto connosco para o podermos esclarecer.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.