<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

Crédito Pessoal Formação: Para um financiamento de 8.000€, com a TAEG de 6,2% e TAN de 4,10% o prazo de reembolso é de 36 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 237,14€. MTIC: 8.748,24€ dos quais 8.000€ reembolsam o capital concedido e 748,24€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Crédito Consolidado: para um financiamento de 20.000€, com a TAEG de 13,1% e TAN de 11,10% o prazo de reembolso é de 84 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 348,20€. Montante total imputado ao consumidor: 29,776,80€ dos quais 20.000,00€ reembolsam o capital concedido e 9.776,80€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Conheça o empréstimo CGD para comprar carro

Se pretende comprar um carro o empréstimo da CGD é uma opção que deve sem dúvida considerar.  

Para muitos dos que intentam adquirir um automóvel é bastante comum por vezes não considerarem a hipótese de solicitar um crédito.  

Mas, a verdade é que esta opção poderá facilitar a sua vida em muito.  

Como tal, no artigo de hoje iremos explicar-lhe tudo o que necessita saber sobre a oferta que a Caixa Geral de Depósitos tem para si.  

Empréstimo CGD: O que é?  

Como referido anteriormente, no conteúdo que lhe apresentamos hoje optámos por lhe falar um pouco de como funciona o crédito automóvel da Caixa Geral de Depósitos 

Além desta, iremos ainda explicar-lhe quais as suas características especificas e como pode recorrer a este.  

Assim, numa primeira instância importa que saiba em que consiste na realidade um crédito automóvel.  

Deve saber que esta é uma modalidade de financiamento que se destina à compra de um carro, seja ele novo ou usado. E, como em todos os outros tipos de crédito também este contrai uma divida a uma entidade 

Como tal, e antes de passarmos às especificidades deste empréstimo deve averiguar se tem realmente capacidades financeiras para o solicitar. Pois, caso não saiba, este requer o pagamento de uma prestação mensal, e na falta desse pagamento pode vir a ter alguns problemas.  

Quais as especificidades do crédito automóvel CGD?  

Sem mais demoras, iremos passar assim a fornecer-lhe as informações mais detalhadas sobre esta modalidade de crédito que muitos podem já conhecer.  

1. Finalidade  

Como dito a finalidade deste crédito destina-se à compra de viaturas novas ou usadas.  

Mas, para além disto deve ainda saber que estas, podem tanto ser ligeiras de passageiros ou mistas e ainda sem reserva de propriedade.  

2. Montantes  

Quando falamos em montantes referimo-nos ao valor monetário a que pode recorrer.  

No caso da oferta da Caixa Geral de Depósitos poderá optar por um valor mínimo de 5000, até ao máximo de 75 mil euros.   

3. Prazos 

Neste ponto deve saber que o seu crédito estará sujeito a um prazo de pagamento. Antes deve ainda ter em conta que este prazo está sucessivamente interligado a uma mensalidade.  

Ou seja, poderá realizar o seu pagamento num mínimo de 12 e um máximo de 120 meses tendo associado um valor mensal a estes.  

4. Taxa de juro  

Como em todos os empréstimos existentes no mercado também este está associado a uma taxa de juro.  

Taxa de juro esta que irá ser indexada à Euribor (média das taxas de juros praticadas em empréstimospodendo escolher entre uma taxa fixa e uma taxa variável.  

Depois de todas as condições referidas deve ainda estar a par da seguinte questão. Caso pretenda realizar um tipo de garantia associado ao seu crédito automóvel poderá realizá-la através do termo ao qual chamamos de fiança.  

Ou seja, deverá assim escolher um fiador que garante que nada poderá acontecer ao bem pelo qual solicitou o empréstimo em questão. Este estará assim mediante a garantia de cumprimento de pagamento do mesmo por parte de um terceiro.  

Por último deve ainda saber que para sua vantagem, a Caixa Geral de Depósitos disponibiliza uma diversidade de seguros ao qual se pode associar ao realizar o seu crédito automóvel.  

Para mais informações concretas poderá ainda aceder ao site da CGD e realizar a simulação deste crédito automóvel para a sua situação concreta.  

Como pode perceber existem algumas vantagens associadas ao empréstimo automóvel da CGD.  

Saiba e tenha sempre em atenção que o pedido de empréstimo é algo com um peso e uma importância elevada, e como tal não deve em situação alguma precipitar-se relativamente a este. 

Caso tenha alguma dúvida associada, ou não, ao tema não hesite em contactar-nos. Estamos disponíveis diariamente para si e para ajudar a facilitar a sua vida naquilo que podermos.  

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.