<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Como poupar nas compras do supermercado

10 dicas simples para poupar nas compras do supermercado

Uma das maiores complicações das famílias portuguesas passa por conseguir efetivamente poupar nas compras do supermercado.

Assim sendo, de forma a facilitar a sua vida, iremos dar-lhe 10 dicas que pode colocar em prática já hoje.

É importante que tenha em conta que existem dezenas de formas para conseguir poupar nas compras sem ter de abdicar da qualidade ou de comprar aquilo que gosta. Veja algumas dessas dicas de seguida.

Vai ver que se as seguir, será muito mais simples começar esta poupanças.

1 – Faça uma lista

Se fizer uma lista de tudo aquilo que precisa de comprar (pode ser para o mês ou para a semana), vai ser muito mais simples, chegar ao supermercado e comprar apenas aquilo que necessita.

É muito comum as pessoas irem às compras e comprarem coisas que não precisam (pois achavam que não tinham stock em casa) ou esquecerem-se de coisas que são essenciais (porque não são coisas que sejam utilizadas ou compradas com frequência).

Assim sendo, se tiver uma lista, vai apenas cingir-se à mesma e comprar aquilo que efetivamente lhe faz falta.

2 – Não vá às compras com fome

Este é o erro de milhares de pessoas, que vão ao supermercado com fome, acabando por comprar diversos produtos apenas por guloseima ou porque acham que é isso que lhes apetece comer naquele instante.

Tenha sempre em conta que se tiver lanchado antes de ir às compras, vai apenas comprar o que necessita em detrimento de produtos ricos em açucares e gorduras que lhe fazem mal à saúde e à carteira (assim é mais simples poupar nas compras).

3 – Não leve os seus filhos às compras

Pode parecer algo mau de se dizer, mas se quer poupar nas suas compras, deve evitar ao máximo levar os seus filhos para o supermercado.

Embora não seja por mal, as crianças acabam sempre por pedir alguma coisa (sejam doces ou brinquedos), e isso faz com que gaste algum dinheiro extra que não estava a contar.

4 – Não compre à pressa

Quando se fala em poupança, a pressa é num grande número de casos uma inimiga da poupança. É importante que vá com tempo, que olhe para os rótulos, os preços e acima de tudo para o prazo de validade.

Existem produtos que pode comprar em maior quantidade (principalmente se estiverem em promoção – uma boa promoção) pois os mesmos não se estragam devido à elevada data de validade dos mesmos.

5 – Olhe bem para as prateiras

Uma das técnicas de venda que os supermercados mais adotam, passa simplesmente por colocar os produtos mais caros nas prateiras que se encontram ao nível dos olhos, desta forma, se estiver com pressa vai ver aquele produto e não vai olhar para mais lado nenhum.

Tenha em conta, que muitas vezes os produtos de marca própria (que são também bastante bons e consideravelmente mais baratos) têm preços bastante mais baixos e exatamente a mesma qualidade que os de marcas conhecidas.

6 – Tenha sempre atenção aos descontos

Semanalmente os supermercados lançam os seus folhetos promocionais, que são posteriormente entregues na sua caixa de correio (ou email). Assim sendo, se tem perto da sua casa diversos supermercados, analise quais os descontos que se encontram associados aos diversos produtos que necessita de comprar.

Como é óbvio, não deve comprar nada em quantidades demasiado elevadas, pois os produtos podem estragar-se, no entanto, existem diversas promoções que valem realmente a pena (como é o caso dos enlatados, dos champôs ou amaciadores, leite…).

Desta forma, é possível poupar nas compras com maior facilidade (embora passa gastar mais dinheiro num dia do que aquilo que estava à espera).

7 – Use o cartão de cliente

Muitas superfícies comerciais têm um cartão de cliente que acumula dinheiro com as suas compras. Assim sendo, quando escolhe um supermercado, opte sempre por um dos que tenha este tipo de recompensa, pois vai permitir-lhe poupar bastante dinheiro ao final do mês (e do ano).

8 – Compre online

Embora possa parecer estranho, comprar online pode ser uma ótima forma de poupar nas compras, uma vez que consegue sempre ver qual o valor que está a gastar e desta forma acaba por se controlar um pouco mais nos produtos que compra.

Outra grande vantagem é que não tem de se deslocar, perder tempo na fila nem carregar os produtos pesados do supermercado até casa.

É importante salientar, que muitas vezes as entregas são gratuitas, por isso, ao comprar tudo online já está a poupar algum dinheiro.

9 – Olhe sempre para o recibo

Olhar para o recibo é essencial, pois errar é humano, e por vezes alguns descontos não são corretamente aplicados ou as quantidades passadas pelo caixa do supermercado não batem certo com as quantidades que comprou.

Por outro lado, olhar para o recibo vai fazer com que tenha uma ideia geral do preço dos produtos que compra, permitindo-lhe assim poupar nas compras quando voltar a necessitar de um determinado produto.

10 - Sacos reutilizáveis

Se o supermercado que frequenta exige o pagamento de sacos plásticos, leve de casa os seus próprios sacos – podem ser de plástico ou (preferencialmente!) de pano – poupa dinheiro e o meio ambiente.

Agora que já sabe 10 dicas para poupar nas compras, está na altura de começar a pensar seriamente em seguir estas dicas, pois vão ajudá-la de forma bastante simples e sem ter de fazer grandes alterações na sua rotina.

Vai ver que ao final de um mês já vai ter poupado um valor considerável. Se segue mais dicas de poupança que não estão partilhadas nesta lista, dê-nos o seu feedback, para que possamos em conjunto ajudar mais famílias a poupar mensalmente nas suas compras.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.