<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

Crédito Pessoal Formação: Para um financiamento de 8.000€, com a TAEG de 6,2% e TAN de 4,10% o prazo de reembolso é de 36 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 237,14€. MTIC: 8.748,24€ dos quais 8.000€ reembolsam o capital concedido e 748,24€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Crédito Consolidado: para um financiamento de 20.000€, com a TAEG de 13,1% e TAN de 11,10% o prazo de reembolso é de 84 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 348,20€. Montante total imputado ao consumidor: 29,776,80€ dos quais 20.000,00€ reembolsam o capital concedido e 9.776,80€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Como pedir um crédito habitação 

Atualmente são raras as pessoas que conseguem comprar uma casa sem pedir um crédito habitação para tal. Acabamos assim por recorrer a um tipo de empréstimo para conseguirmos ter a nossa primeira casa.   

No artigo de hoje iremos então, explicar-lhe o que é este tipo de crédito, como o pode pedir e ainda desenvolveremos, algumas questões associadas ao mesmo.    

Depois de o ler, o processo irá ser muito mais simples.  

Pedir crédito habitação: Tudo o que precisa de saber   

Em primeiro lugar, antes de realizar qualquer tipo de pedido para um crédito habitação deve entender, afinal, qual a finalidade deste crédito.   

Passando à sua definição, podemos definir um crédito habitação como um tipo de financiamento atribuído, normalmente por instituições bancárias, para efeitos de compra de casa.   

Podemos ainda referir que, para além do crédito mais comum, que é o de aquisição de habitação própria, existem alguns destinados à aquisição e construção de habitação secundária ou para arrendamento.   

As diferenças associadas a estes, são principalmente, o montante de crédito cedido, as condições e vantagens de cada um.   

Normalmente, quando falamos de pedidos de crédito destinados à aquisição de habitação secundária ou para arrendamento, os valores das taxas de juro e spread são mais elevados.  

Isto porque, como é possível percebermos não são cedências de crédito tão “relevantes” quanto as de habitação própria. Ou seja, para as entidades que fornecem o crédito pretendido, não existe uma necessidade tão elevada visto ser um “extra” à habitação permanente.   

Como ter acesso a um crédito habitação   

Para que saiba exatamente como pode proceder para pedir um crédito habitação iremos explicar-lhe tudo já de seguida.   

1 - Ponderar e Pesquisar  

Para começar, deve ponderar se necessita realmente de recorrer a este crédito e quais as suas condições financeiras atuais para tal.   

Posteriormente, faça uma pesquisa, o mais completa possível, sobre os tipos de crédito habitação existentes no mercado. Assim, irá certamente encontrar um que se adeque ao que procura.    

2 - Reunir-se com instituições   

Em segundo lugar, aconselhamos a que se reúna com a instituição ou instituições que possam ter despertado o seu interesse. Interesse este associado à pesquisa que realizou e a créditos que ponderou.   

3 - Associar-se com uma agência imobiliária   

Apesar de por vezes, não ser muito comum, se procura melhores condições tente trabalhar em simultâneo com uma imobiliária. Ao associar-se a esta, na procura de casa, poderá somar algumas vantagens relativamente ao crédito habitação a realizar posteriormente.   

Para além deste ponto, saiba que esta, poderá ser bastante vantajosa no que toca a encontrar a casa que realmente deseja.    

4 - Documentação necessária   

Para que nada lhe escape, fique a conhecer alguns dos documentos necessários. Mas, sem que antes saiba que existem diversas fases e diversidades na apresentação destes documentos.   

As 3 fases são: 

  • 1º Análise e Pré-Aprovação  
  • 2º Avaliação   
  • 3º Adjudicação e Escritura   

Alguns dos documentos requeridos pelo banco para analisar o seu processo são:   

  • Documento de Identificação (Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade)  
  • Última declaração de IRS  
  • Declaração de rendimentos  
  • Declaração contratual (cedida pela entidade patronal)  
  • 3 últimos recibos de vencimento  
  • Nota de liquidação de IRS do último ano  
  • Extratos bancários (últimos 3 meses)  
  • Comprovativo de IBAN  
  • Comprovativo de morada   

Saiba ainda que existem algumas etapas que pode seguir para que a aprovação do crédito que pretende, seja mais fácil 

Apesar de ser um processo que demorado e burocráticoestas etapas devem ser realizadas para que veja a sua situação finalizada em menos tempo e com menos constrangimentos.  

  • Fale com o seu banco   
  • Tenha toda a documentação em dia   
  • Seja estável profissionalmente e financeiramente   
  • Tente ter uma taxa de esforço baixa   
  • Tenha um montante disponível para entrada do crédito   
  • Tenha um bom historial financeiro   

Esperemos que este artigo lhe tenha sido útil. E, que no fundo que saiba agora como pedir um crédito habitação.   

Como pode perceber, apesar de muitas vezes, serem processos muito burocráticos, existem formas de os facilitar.   

Se tentar implementar as dicas que lhe demos, irá certamente obter o seu crédito habitação com mais facilidade.  

Saiba que estamos disponíveis para esclarecer qualquer dúvida que possa ter. Não hesite em contactar-nos. Pois, teremos todo o gosto em ajudá-lo.   

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.