<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Como fazer crescer as poupanças - 12 dicas simples

Cada vez mais as pessoas querem saber o que é que podem fazer para conseguir fazer crescer as poupanças, no entanto sabemos que esta não é de todo uma tarefa simples.

Contudo, existem algumas coisas que podem ser realizadas nesse sentido, por isso hoje damos-lhe algumas dicas que o podem ajudar a poupar algum dinheiro, e dessa forma incrementar as suas poupanças.

Descubra-as de seguida e comece hoje mesmo a implementá-las na sua vida.

12 dicas para fazer crescer as poupanças

Vamos partir do pressuposto que para fazer crescer as poupanças você terá efetivamente de poupar algum dinheiro. Posto isto, saber como poupar é a chave para a sua vida financeira ser mais simples.

Resumidamente para conseguir aumentar as suas poupanças nem sempre tem de cortar nas suas despesas (claro que isso ajuda). Basta que tenha em atenção alguns pequenos gestos no dia a dia.

De seguida damos-lhe algumas dicas simples e práticas.

1 – Poupar na gasolina

Quem anda de carro diariamente acaba por gastar um valor considerável de gasolina mensalmente, por isso 3 dicas para poupar são:

·        Não tenha o ar condicionado ligado (pode aumentar o consumo até 20%);

·        Tenha uma condução estável;

·        Tenha a manutenção do carro em dia (os filtros de ar devem estar limpos e a pressão dos pneus também deverá ser adequada).

2 – Leve uma marmita para o trabalho

Quem tem por hábito comer fora todos os dias ao almoço, pode estar a gastar mais dinheiro do que é suposto (se o almoço for 5€ por dia, são 110€ ao mês). Veja como poupar:

·        Planifique as suas refeições com antecedência;

·        Faça uma boa gestão das idas ao supermercado;

·        Opte por comida de tacho quando são muitas pessoas a comer.

3 – Evite pagar transferências bancárias

Muitas pessoas têm ainda o hábito de fazer transferências bancárias ao balcão, contudo, isso poderá estar a ser um custo acrescido nas suas finanças.

Desta forma, opte por fazê-las através do homebanking ou diretamente numa caixa multibanco (não tem qualquer custo).

4 – Não deixe os eletrodomésticos em stand by

A verdade é que é muito simples desligar os eletrodomésticos depois de os utilizar, por isso, se quer fazer crescer as poupanças, evite deixá-los em stand by depois de os usar.

Algumas dicas para poupar na eletricidade são:

·        Use lâmpadas economizadoras – duram mais tempo e consomem menos energia;

·        Confecione mais do que um prato no forno ao mesmo tempo;

·        Não deixe os carregadores dos telefones ou computadores ligados depois de os mesmos estarem carregados.

5 – Corte na fatura da água

A água é um bem essencial e está cada vez mais escassa, por isso, poupar água não só o ajuda a fazer crescer as suas poupanças como também ajuda o ambiente.

·        Utilize a máquina de lavar roupa e louça apenas quando as mesmas tiverem cheias;

·        Feche a torneira enquanto lava os dentes ou faz a barba;

·        Utilize redutores de água nas torneiras (ajuda a diminuir em 50% o consumo de água).

NOTA - 11 mil litros de água por ano é quanto estará a desperdiçar se tiver uma torneira em casa com uma fuga e que esteja a perder uma gota de água por segundo.

6 – Poupe nas idas ao supermercado

Sempre ouviu dizer que não deve ir às compras com fome, pois bem, o principal motivo para essa afirmação é que pode aumentar até 17% o valor total das suas compras. Algumas dicas para poupar na ida ao supermercado são:

·        Planifique as idas com a criação de uma lista de compras;

·        Não coloque no carrinho mais coisas do que aquilo que precisa;

·        Privilegie frutas e legumes da época;

·        Evite ir às compras com fome;

·        Evite levar os mais novos ao supermercado;

7 – Poupe na fatura do gás

A mudança de pequenos gestos no dia a dia pode ter um grande impacto na conta do gás. Acredite que ao poupar na mesma, está a incrementar as suas poupanças. Algumas dicas práticas são:

·        Corte os ingredientes em pequenas peças (quanto mais pequeno menos tempo leva a cozinhar);

·        Sempre que possível tape os tachos e as panelas durante a confeção dos alimentos;

·        Escolha o bico do fogão mais adequado ao tamanho da panela com a qual irá cozinhar

8 – Escolha diversos métodos para poupar

Tal como dissemos anteriormente, existem diversas formas de poupar fazendo pequenas alterações no seu dia a dia. Algumas formas que pode implementar são:

·        Faça um agendamento automático para a sua conta poupança;

·        Use cartões que permitam o arredondamento das compras (ou seja, numa compra de 8,5, pode optar que o arredondamento seja feito para os 9 , sendo que 0,5 são transferidos para a sua conta poupança);

·        Opte por cartões de crédito com cash back;

·        Opte por cartões de crédito que tenham a possibilidade do pagamento sem juros;

9 – Baixe os custos das telecomunicações

Telemóvel, internet, telefone fixo e televisão. Estes são os serviços na área das telecomunicações que fazem parte do dia a dia da maioria dos portugueses. Contudo, pode efetivamente poupar.

·        Verifique se os tarifários que tem são os mais ajustados às suas necessidades;

·        Analise os preços da concorrência;

·        Se não tem fidelização, verifique se é possível renegociar o contrato com descontos atrativos;

10 – Reduza os gastos com a saúde

Para cuidar da sua saúde (e também da saúde da sua carteira) poderá implementar algumas estratégias com o objetivo de reduzir os gastos nesta área.

Algumas das alternativas para fazer crescer a poupança são:

·        Analisar a apólice do seguro de saúde e ver se é a mais indicada para o agregado familiar;

·        Opte sempre que possível por medicamentos genéricos;

·        Peça sempre NIF nas suas faturas de saúde para poder abater essa despesa à coleta do próximo ano;

11 – Reduza gastos na educação

Cortar na educação dos filhos é, provavelmente, uma das decisões mais difíceis que uma família tem de tomar. 

Contudo, existem algumas formas de fazer crescer a poupança nesta área sem colocar em risco a educação dos mais pequenos.

·        Tente optar por materiais escolares em segunda mão (desde que os mesmos estejam realmente em bom estado);

·        Opte por explicações em grupo (já que são bastante mais baratas);

·        Analise as atividades extracurriculares dos seus filhos (analise aquelas atividades que poderão ser realmente uma mais-valia e quais as atividades que poderão ser substituídas por programas familiares);

12 – Poupar com o animal de estimação

Sabemos que os animais de companhia podem ser uma excelente companhia e tornam os dias mais divertidos. Contudo, os mesmos podem também ser uma fonte inesgotável de despesa.

·        Se possível adote um animal, já que além de estar a fazer o bem, o mesmo já tem as vacinas obrigatórias assim como já está esterilizado;

·        Tenha em conta a ração que irá dá, pois uma boa alimentação previne idas desnecessárias ao veterinário.

Estas são apenas 12 dicas simples que pode implementar no seu dia a dia e que vão ajudar a fazer crescer as poupanças.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.