<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Como conseguir um spread mais baixo

São muitos os portugueses que sentem algumas dificuldades em perceber efetivamente o que é a diferença entre o spread e as taxas de juros.

Na verdade, são muitos que pensam que ambos são exatamente a mesma coisa. Ora bem, a verdade é que não são.

Não é nenhuma novidade que por trás de qualquer operação bancária existem taxas e requisitos que podem acabar por influenciar no custo final (taxas de juro, comissões bancárias, serviços ou produtos financeiros adicionais…). Quando falamos por exemplo de crédito habitação uma dessas taxas é o spread bancário.

Por isso é importante que entenda o que é spread, qual a sua influência na hora de realizar um empréstimo ou financiamento e como negociar para ter um spread mais baixo e não ser prejudicado pelo seu banco.

Aprenda agora mesmo como conseguir um spread mais baixo e conseguir fazer a escolha mais acertada.

Spread mais baixo: diferença entre spread e taxa de juros

Quando falamos de negociações bancárias e empréstimos é muito comum confundir o spread com as taxas de juro. Mas fique já a perceber que eles são bastante diferentes. 

O Spread Bancário é a diferença entre a percentagem recebida da captação de recursos e a taxa de juros de um empréstimo ou financiamento. Ele é basicamente o conjunto de custos administrativos, impostos e lucros que os bancos recebem a partir de um empréstimo ou de outras operações bancárias.

Por outro lado, a taxa de juros, cobrada ao emprestar dinheiro para os seus clientes, é um valor que pode ser fixo ou variável, definido externamente e de acordo com as taxas de usura máximas definidas pelo Banco de Portugal.

Mesmo sendo duas taxas diferentes, as duas acabam por se interligar nas operações bancárias e interferindo no valor das negociações de empréstimos e no valor final que irá pagar pelo mesmo.

Porque deve então procurar por um spread mais baixo?

Na hora de realizar empréstimos no banco, um spread mais baixo pode fazer toda a diferença no valor que irá pagar pelo financiamento.

Um spread nada mais é que a margem de lucro que o banco tem em cada empréstimo concedido aos seus clientes. Ou seja, um spread mais baixo significa menos dinheiro que terá que pagar ao banco na hora de saldar a sua dívida.

Porém, para isso, é preciso negociar com seu banco antes de assinar o contrato de prestação de serviços. Conseguir um spread mais baixo não é, necessariamente, uma tarefa fácil, porém é possível se você aplicar algumas dicas e práticas. Conheça algumas de seguida. 

Como conseguir um spread mais baixo

Algumas práticas, tanto no seu dia a dia quanto na hora da negociação, podem fazer toda a diferença quando você precisar procurar o seu banco para fazer um empréstimo ou financiamento.

Em primeiro lugar é essencial ter um vínculo de trabalho estável, ou seja, provar que está trabalhando e que não corre o risco de ficar sem trabalho.

O simples fato de ter um contrato de trabalho há mais de dois anos já influencia positivamente na hora de negociar um spread mais baixo. Isto porque o banco reconhece a sua estabilidade no seu local de trabalho.

O segundo ponto que ajuda a conseguir diminuir essa taxa é a “taxa de esforço”. Ou seja, a percentagem do rendimento mensal do agregado familiar referente ao pagamento da dívida.

Quanto maior for o valor da prestação vs. o valor do ordenado, menor será a probabilidade de pagar a sua dívida atempadamente. Por isso, os bancos ou não concedem empréstimo, ou aplicam spreads mais altos para reduzir o risco.  

Para isso, é recomendado manter a taxa de esforço abaixo dos 20% (embora os bancos concedam financiamento desde que não passe dos 40%) e avaliar se é melhor diminuir o valor do empréstimo ou aumentar o prazo, por exemplo. Isso dependerá, obviamente, do seu orçamento mensal. 

Em relação ao valor do empréstimo, é importante que solicite sempre somente o valor que precisa, pois irá ter de pagar juros sobre todo o valor que solicitar ao banco.

Uma última prática que pode ajudar a diminuir o seu spread é utilizar outros produtos associados do seu banco, como por exemplo o seguro de vida, multirriscos, diferentes contas familiares, e assim por diante.

Dessa forma, é possível conseguir um spread mais baixo e, consequentemente, diminuir os gastos com empréstimos e financiamentos bancários no seu orçamento. 

Como vê, é bastante mais simples do que aquilo que pensava conseguir um spread mais baixo. Só precisa ter alguns cuidados e analisar todas as ofertas dos bancos de modo a fazer a escolha mais acertada.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.