<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Como conseguir um crédito rápido de 2000 euros?

Conseguir um crédito rápido de 2000 euros é mais fácil do que se imagina, graças à tecnologia que permite a sua subscrição à distância de alguns cliques.

O que faria ao conseguir um crédito rápido de 2000 euros? Iria adquirir um bem, fazer aquela tão sonhada viagem, pagar as dívidas ou centralizar todos os seus pagamentos numa única instituição financeira ficando com um crédito consolidado?

O chamado Crédito Rápido é certamente uma modalidade que tem vindo a crescer um pouco em todo o mundo.

Contudo, é uma das várias formas de empréstimos presentes no mercado financeiro em que pode utilizar os seus 2000 euros para qualquer finalidade.

Mas, será que 2000 euros é suficiente? Para não haver mau planeamento precisa saber exatamente qual a quantia que necessita e claro, como vai fazer para saldar este empréstimo. Após este levantamento fica mais fácil você dar o próximo passo.

De seguida explicamos-lhe tudo o que precisa ter em conta.

Crédito rápido 2000 euros: Como pesquisar o melhor empréstimo?

Vamos imaginar que sim, que a quantia de 2000 euros seja suficiente, para o que necessita. Então, o passo mais importante durante todo este processo é, pesquisar as principais financeiras de Crédito Rápido existentes no mercado.

Antigamente, por conta da burocracia das agências bancárias, conseguir a aprovação de um empréstimo com este valor era muito difícil.

Entretanto, com as novas tecnologias, através dos sites de financeiras existentes no mercado pode simular, conhecer as taxas de juros e ver as melhores formas para proceder ao pagamento do seu crédito. E o melhor de tudo é que o pode fazer no conforto da sua casa.

Vale a pena simular as opões para adquirir 2000 euros?

Após ter acesso às ofertas disponíveis, é necessário realizar simulações para se programar e não ter prejuízos maiores. Resumidamente:

  • Faça simulações de pagamentos
  • Calcule o tempo que irá levar a pagar o valor do empréstimo
  • Analise o valor da parcela – quanto menos meses, menor serão os juros
  • Analisar a taxa TAEG, que pode variar de acordo com a instituição financeira entre – 4% a 10%
  • Ver quando será liberado o crédito
  • Conferir se a instituição aceita clientes com histórico na CRC (Central de Responsabilidade de Crédito).

Mas, respondendo à questão de vale a pena simular as opões para adquirir um crédito rápido de 2000 euros? A resposta é sim! Vale bastante a pena pois irá conseguir descobrir qual a entidade bancária e financeira que tem um oferta mais adequada às suas necessidades.

Quais as vantagens de subscrever um Crédito Rápido?

Considerando o valor aproximado de 2000 euros, as vantagens para se conseguir um Crédito Rápido são as seguintes:

  • Não precisar declarar o motivo do empréstimo
  • Rapidez na aprovação e liberação do crédito
  • O tempo entre análise, aprovação e liberação de crédito pode ser em minutos ou no máximo de 48 horas
  • Pode pagar entre 12 e 84 meses, dependendo da instituição financeira
  • Ter, previamente, acesso aos custos estabelecidos no site para esta finalidade
  • Não querer um bem material como garantia de pagamento

Todos os créditos Rápidos podem ser adquiridos com a garantia de pagamento por parte do consumidor. Ou seja, qualquer documento que prove o seu rendimento regular.

Existem desvantagens em solicitar um Crédito Rápido?

Mas, obter o tão sonhado Crédito Rápido de 2000 euros, pode ter as suas desvantagens, principalmente se não agir com prudência e planeamento.

Uma das maiores desvantagens são as taxa de Juros mais altas. Por não ter que declarar o motivo do empréstimo, a taxa de juros é um pouco mais alta, afinal a financeira também assume um risco por aprovar o empréstimo tão rapidamente.

Tenha ainda em consideração que não ler o contrato pode acarretar em mais custos para si. Portanto, preste atenção a todas as informações disponíveis (principalmente as letras pequeninas).

Ok, quero meu Crédito Pessoal de 2000 euros, como faço para adquirir?

De forma a obter os 2000 euros, pesquise as principais financeiras disponíveis no mercado. Hoje em dia existem sites que realizam esta pesquisa para você. Além disso é necessário:

  • Ter mais de 18 anos
  • Declaração do IRS atual
  • Comprovativo de morada em Portugal
  • Cartão Cidadão ou Documento de identificação pessoal e número de contribuinte
  • IBAN
  • Comprovativo de rendimentos – mínimo de 3 meses para trabalhadores dependentes e 6 meses para trabalhadores independentes
  • Conta Bancária em seu nome – em alguns casos, pedem o seu extrato bancário
  • Não ter registro de dívidas – existem casos que até aprovam o seu cadastro, porém a burocracia pode aumentar bem como as taxas de juro

Em resumo, com o Crédito Rápido é muito fácil conseguir adquirir a simbólica quantia de 2000 euros.

Afinal, além de ter juros mais baixos que o Cartão de Crédito, esta modalidade ser solicitada sem precisar sair de casa. E por fim, possui juros mais baixos do que as outras opções de empréstimo.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.