<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Como conseguir um crédito rápido

O que deve saber sobre o crédito rápido

O crédito rápido é uma ótima solução para todas as pessoas que precisem urgentemente de um apoio financeiro, já que a sua flexibilidade permite atender a diferentes necessidades que possam surgir no dia-a-dia.

Não pense que por ser de acesso mais fácil e por dispensar o processo burocrático caraterístico do financiamento normal, que este tipo de crédito apenas se destina a quem precisa de quantias relativamente baixas.

Os valores para estes financiamentos podem variar entre os 500€ e os 75.000€, sendo este montante mais do que suficiente para que possa resolver os problemas que tem entre mãos.

É importante salientar, que é sempre verificado se você tem ou não a capacidade de devolver o dinheiro, pois nem todas as pessoas são elegíveis para um financiamento de 75.000€ (e na verdade nem todas as pessoas necessitam de financiamento tão grande).

Tal como acontece nos créditos tradicionais, pode escolher o máximo de prestações em que quer devolver o dinheiro (salientando que quanto mais tempo estiver a pagar, maiores vão ser os juros pagos), sendo por norma o máximo em 120 meses.

É também importante referir, que tal como qualquer outro tipo de crédito que contraia, um atraso no pagamento vai estar sujeito a juros de mora. Além de tudo, se não pagar durante algum tempo poderá ver o seu salário penhorado e o seu nome na lista da central de responsabilidade de créditos (ou seja, a famosa lista negra do Banco de Portugal).

Se cumprir religiosamente como aquilo que foi acordado com a entidade financeira, certamente que passará a beneficiar de condições mais vantajosas de financiamento no futuro.

Qual a melhor forma para obter um crédito rápido

Se pretende aceder a um crédito rápido e fácil, é importante que tenha em conta que a melhor forma é efetuar a sua candidatura online, não havendo a necessidade de se deslocar para tratar de todo o pedido e das respetivas formalidades inerentes aos créditos.

No que concerne estas tipologias de crédito, tudo é tratado exclusivamente através da internet (desde a simulação, pedido de crédito e envio de documentação comprovativa). Sendo que, no final do processo o dinheiro solicitado é transferido para a sua conta para que o possa utilizar.

Salientamos que mesmo sendo feito de forma rápida e simples, é sempre necessário o envio de alguns documentos para que as entidades verifiquem se tem algum problema no Banco de Portugal (caso tenha um historial de crédito negativo o seu pedido não será aprovado).

Numa sociedade onde cada vez mais tudo muda a uma velocidade estonteante, este tipo de créditos destaca-se pela sua simplicidade, rapidez e por uma burocracia relativamente fácil. 

Complementarmente à sua simplicidade, o crédito pessoal rápido online também prima pela privacidade que oferece (uma vez que a documentação e informação que terá que disponibilizar é menor, os seus dados pessoais ficam mais protegidos).

A celeridade na adesão e a rapidez de aprovação, assim como a disponibilização do valor em causa (os valores podem variar entre 500€ e 75.000€), são três dos principais motivos que levam os portugueses a recorrer a estes empréstimos de caráter urgente.

Requisitos Para Obter Um Crédito Rápido

Embora cada entidade solicite diferentes requisitos, a grande maioria dos mesmos inclui única e exclusivamente os seguintes:

·        Ter 18 anos de idade

·        Ser um cidadão português

·        Ter capacidade de liquidar a dívida (mostrando por exemplo os 3 últimos recibos de ordenado)

·        Ter um rendimento mensal fixo

·        Ter uma conta bancária válida

É possível obter crédito rápido com problemas bancários?

Atualmente, devido ao estado ainda um pouco debilitado da saúde financeira da população portuguesa, encontramos nos constantemente numa situação de risco no que concerne problemas bancários.

O encerramento constante de empresas de norte a Sul, os despedimentos e a dificuldade em encontrar um novo emprego, em muitos casos devido à idade, são fatores que levam ao surgimento deste tipo de problemas.

O maior problema é que muitas das pessoas que se vêm no meio desta situação, têm créditos para pagar, filhos a estudar, renda da casa, e deparam-se com uma realidade que até então era desconhecida, a incapacidade de cumprirem com os compromissos.

Quando por qualquer razão, uma pessoa não consegue cumprir com os pagamentos do seu cartão de crédito, da prestação da casa ou do carro, vê o seu nome envolvido em incidentes bancários, o que condiciona o seu acesso a um novo pedido de empréstimo por parte dos bancos ou entidades financeiras.

Quando ocorre uma situação de incumprimento, o nome da pessoa fica marcado no banco de Portugal sendo isto o suficiente para que qualquer instituição bancária ou financeira rejeite a possibilidade de conceder qualquer tipologia de crédito.

É importante salientar que podem eventualmente existir soluções para o seu problema, no entanto todas as suas opções devem numa primeira fase incidir sobre a resolução de problemas bancários (e não sobre a aquisição de novos créditos).

Se tiver alguma dúvida ou necessitar de alguma ajuda na simulação ou pedido de crédito rápido, poderá solicitar-nos um contacto para avaliação de crédito. Teremos todo o gosto em ajudar a concretizar os seus sonhos. 

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.