<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

Crédito Pessoal Formação: Para um financiamento de 8.000€, com a TAEG de 6,2% e TAN de 4,10% o prazo de reembolso é de 36 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 237,14€. MTIC: 8.748,24€ dos quais 8.000€ reembolsam o capital concedido e 748,24€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Crédito Consolidado: para um financiamento de 20.000€, com a TAEG de 13,1% e TAN de 11,10% o prazo de reembolso é de 84 meses ao que corresponde uma mensalidade fixa de 348,20€. Montante total imputado ao consumidor: 29,776,80€ dos quais 20.000,00€ reembolsam o capital concedido e 9.776,80€ respeitam ao custo total do crédito. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista).

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Como conseguir o melhor empréstimo habitação

Escolhemos a casa perfeita e decidimos dar o grande passo para comprá-la. Depois de passar pelo processo de procura e documentação, para a maioria dos potenciais proprietários, o passo seguinte é saber como conseguir o melhor empréstimo habitação.

Como escolher o tipo mais conveniente de empréstimo? Como calcular o prazo e a cobertura que melhor nos convém? Qual banco oferece mais vantagens ao conceder um empréstimo?

Existem várias instituições financeiras que fornecem empréstimos habitação em Portugal.

Se já tem uma pré-aprovação de mais de um deles (este cenário seria o ideal), ou está à procura do melhor crédito habitação, está na altura de começar a descartar as opções até chegar à melhor.

Comprar casa representa uma despesa importante e encontrar o empréstimo habitação adequado para si ajudará a economizar muito dinheiro.

Neste artigo vamos dar algumas dicas para escolher o melhor empréstimo habitação.

Melhor empréstimo habitação: 6 dicas para o conseguir

Cada instituição financeira oferece empréstimos habitação com características diferentes. Aqui estão algumas dicas que ajudarão a saber o que deve comparar para encontrar o melhor crédito habitação.

1 - Verifique se tem várias opções

Antes de tudo, deve ter várias opções de empréstimos habitação, de diferentes entidades financeiras, com base no seu perfil. Se não tiver várias opções, não terá muitas dúvidas, certo?

2 - Compare as taxas de juro

É um dos fatores mais importantes a considerar. No entanto, não deve ser o único critério de seleção. A taxa de juros informa quanto custará o empréstimo para comprar a sua casa.

Portanto, é melhor comparar os juros de cada opção de empréstimo à habitação. Isso dará uma ideia exata do custo do empréstimo, incluindo juros e outras despesas, como crédito e seguro do imóvel.

3 - Compare as taxas de seguro de vida e seguro multirriscos

Estes seguros fazem parte das despesas de um empréstimo habitação e os seus valores também variam entre as entidades financeiras.

Dica para reduzir as despesas: Se já tem um seguro de vida, pode associá-lo ao seu crédito habitação para diminuir o valor a pagar. Dessa forma, evitará gastos desnecessários. A aprovação de uma apólice tem um custo fixo, é paga apenas uma vez e varia de acordo com a instituição financeira.

4 - Qual é o prazo de pagamento que precisa?

Já sabe durante quantos anos deseja pagar o empréstimo habitação? Quase todas as instituições financeiras fazem crédito com prazo de 30 anos e algumas já concedem empréstimos a 40 anos.

Embora seja verdade que ter um empréstimo habitação com um prazo mais curto aumentará as suas prestações, a longo prazo pagará menos juros do que num empréstimo com um prazo mais longo.

5 - Tenha em consideração outras despesas e comissões

Por exemplo, alguns bancos cobrarão uma taxa para alterar o prazo do seu empréstimo. Além dessa despesa, cada entidade pode ter outros custos extras necessários.

6 - Experiências de amigos e familiares.

Por fim, é muito importante saber com que facilidade pode comunicar com a instituição financeira.

Não saberá disto até ter escolhido um empréstimo habitação, mas poderá perguntar a amigos e familiares sobre as suas experiências em adquirir empréstimos habitação com as entidades que está a considerar.

As opiniões deles ajudarão a ter uma ideia de quais entidades estão a trabalhar mais para solucionar dúvidas e ajudar os clientes de empréstimos habitação.

Como vê, escolher o melhor crédito habitação não tem de ser um bicho de 7 cabeças.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.