<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

A sua empresa ainda não tem um cartão de visita? Saiba como o fazer

O cartão de visita é talvez uma das melhores ferramentas de comunicação dos últimos anos. Qualquer empresário, independentemente da sua área de atuação ou tamanho do negócio tem cartões de visita.

Mas numa época em que praticamente tudo ocorre online, porque é que esta continua a ser uma excelente ferramenta de promoção?

Ora bem, por muito que vivamos dependentes de smartphones, a verdade é que os mesmos são falíveis. Ou seja, de um momento para o outro podem avariar, partir-se, ficar sem bateria…

Enfim… pode acontecer uma infinidade de coisas. Assim, se está por exemplo num evento corporativo ou num evento de networking, sabe que poderá entregar os seus dados a qualquer pessoa, independentemente de o smartphone estar ou não a funcionar.

Se a sua empresa ainda não tem um cartão de visita, iremos explicar-lhe o que deve ter em conta para o fazer.

Cartão de visita: o que ter em conta para o fazer

A não ser que seja designer (ou que seja extremamente ajeitado com o desenvolvimento de design) muito provavelmente irá ter de contratar este serviço a alguém.

Mas, mesmo assim é importante ter alguns pontos definidos de forma a poder fazer um briefing com o designer que garanta que o mesmo desenvolve um trabalho de excelência.

Vamos partir do princípio que está a criar toda a sua marca de raiz. Isto porque, normalmente, o cartão de visita é desenvolvido em simultâneo com os outros elementos da marca (logotipo, estacionário, imagens para as redes sociais…).

Assim, alguns dos pontos que deve passar ao designer e que o vão ajudar a criar não só o seu cartão de visita como todo o design corporativo do seu negócio são:

  • Tenha a sua missão definida – Este ponto é essencial de forma a que todo o design passe uma impressão que se adeque à mesma
  • Tenha os valores da marca definidos – Todas as marcas se regem por determinados valores, assim, ter os seus definidos e partilhá-los com o designer é meio caminho andado para ele saber qual é a verdadeira identidade da marca. Alguns dos valores mais comuns são:
    • Sustentabilidade
    • Qualidade
    • Ética
    • Responsabilidade Social
    • Respeito
    • Confiança
    • Integridade
    • Confiança
    • Relacionamento com cliente
    • Compromisso
  • Saiba exatamente quem é o seu público-alvo – A verdade é que no início não é simples as empresas terem o target bem definido. Mas, saiba que antes de desenvolver todo o seu design corporativo, esta informação deve estar muito bem alinhada. Isto porque só assim irá saber exatamente como é que pode efetivamente comunicar com os mesmos. E, acredite que o seu design deve passar a mensagem da sua empresa logo à primeira impressão.

Estes são os 3 pontos que deve considerar ter em mente antes mesmo de começar a desenvolver qualquer tipo de comunicação visual (online ou offline).

Dicas simples e práticas para construir o seu cartão de visita

Ora bem, tendo em conta os pontos que lhe indicamos anteriormente, pode ter a necessidade de ser você mesmo a criar o seu próprio cartão de visita. Assim sendo, é importante que tenha em mente mais alguns pontos muito relevantes que o vão ajudar.

Considere então estas linhas orientadoras:

  • Crie um layout interessante e que se ajuste à imagem e mensagem que quer passar
  • Preferencialmente (dependendo da área de negócio) desenvolva um cartão de visita com o tamanho padrão (85mm x 55mm)
  • Escolha a gráfica onde vai produzir os cartões (acredite que isso irá ter muita influência no resultado final)
  • Escolha sabiamente a informação que vai constar no seu cartão (por norma deve sempre colocar: logotipo, nome, cargo, email, contacto, contudo, pode colocar outras informações que julgue relevantes para o negócio)
  • Lembre-se da velha máxima: menos é mais. Evite sobrecarregar o seu cartão com informação e imagens
  • Utilize a frente e o verso do cartão (um lado irá conter o logotipo e o outro as informações de negócio)
  • Escolha cores que passem a mensagem que quer. Sim, porque as cores ajudam a desenvolver uma emoção, e por isso mesmo é importante conhecer a psicologia das cores antes de criar o design do seu cartão
  • Escolha uma fonte de letra que seja legível em tamanho 8 ou 10 (que será o tamanho das letras do seu cartão)
  • Faça sempre uma revisão ortográfica antes de enviar os cartões para impressão (as gráficas não se responsabilizam por erros desse tipo)

Como vê, criar os seus próprios cartões de visita não precisa ser uma dor de cabeça. No entanto, o nosso conselho é que contrate um designer que trate de tudo por si.

No início, quando a sua marca não é ainda conhecida, nada melhor que investir em qualidade, porque vai a médio prazo ter todo o retorno do mesmo.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.