<[HEADING] class="logo-text">O crédito direito ao assunto
MENU
Ver Mais

​Crédito Pessoal Formação com TAEG a partir de 5,5% para TAN de 3,90%, consoante o prazo escolhido, Taxa Fixa, Prazo entre 24 a 120 meses. Montante a financiar entre 2.500€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras a operar legalmente em Portugal (ver lista). Prazo mínimo de 12 meses e máximo de 120 meses. TAEG a partir de 5,5% até ao máximo de 14.6%.

Crédito Consolidado sem garantia hipotecária com TAEG a partir de 11,70%, TAN a partir de 9,50%, Taxa Fixa, Prazo entre 12 a 120 meses. Montante a financiar entre 5.000€ a 75.000€. Crédito sujeito a aprovação de Instituições Bancárias e Financeiras legalmente a operar em Portugal. Prazo mínimo de reembolso de 24 Meses e Máximo de 120 meses. TAEG a partir de 2,445% até ao máximo de 14,2%.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

6 motivos válidos para ter um cartão de crédito

Ter um cartão de crédito é algo cada vez mais comum. No entanto, muitas pessoas acabam por não querer ter este tipo de instrumento financeiro porque têm medo.

Claro que é preciso perceber que um cartão de crédito se for mal utilizado pode dificultar imenso a estabilidade financeira da sua família.

No entanto, se o utilizar corretamente, o mesmo pode ser um excelente apoio para algumas dificuldades ou urgências que possam surgir.

Mas, como queremos ajudá-lo a compreender um pouco mais o funcionamento dos cartões de crédito, de seguida damos-lhe alguns motivos válidos para ter um cartão de crédito consigo (mesmo que não tenha intenções de o utilizar de forma constante).

Ter um cartão de crédito: 6 motivos que deve considerar

Antes de lhe indicarmos alguns motivos pelos quais é boa ideia ter um cartão de crédito, é importante frisar que o mesmo só será um benefício para si se souber como o utilizar.

Se for daquelas pessoas que realiza compras por impulso, fique desde já a saber que ter um cartão de crédito à sua disposição pode não ser realmente uma boa alternativa.

Tendo estes pontos em consideração, conheça de seguida alguns motivos para investir nesta ferramenta financeira.

1 – Viaja com frequência?

O primeiro ponto é talvez um dos mais interessantes. Nem todos os países têm o mesmo padrão de consumo, e por vezes os cartões de débito não são 100% fiáveis.

Se dentro do espaço europeu a coisa pode tornar-se complicada, se sair da Europa dificilmente consegue utilizar o seu cartão normal.

Assim, o cartão de crédito é uma metodologia de pagamento internacional que é garantidamente aceite em qualquer parte do mundo.

Contudo, é importante pesquisar bem antes de utilizar o seu cartão de crédito fora de Portugal, já que as taxas costumam ser bastante elevadas.

Antes de viajar fale com o banco, veja opções, alternativas e seguros que lhe permitam estar mais descansado na sua viagem.

2 – Para despesas inesperadas

Verdade seja dita que todos nós em algum ponto da nossa vida já nos vimos a par com uma despesa que não estávamos a contar. Pode ser uma avaria no carro, um problema de saúde ou mesmo uma avaria no computador ou em algum eletrodoméstico.

Quando este tipo de despesas surge, muitas pessoas acabam por não conseguir fazer automaticamente face a essa despesa pois não têm um fundo de emergência.

Se esse é o seu caso, um cartão de crédito pode ser uma excelente opção. Mas, mais uma vez é importante que faça uma escolha acertada.

Por exemplo, se a avaria for de algum produto tecnológico, nada melhor que ter o cartão de crédito de uma superfície comercial (como é o caso da BOX) que lhe permite fazer o pagamento sem juros.

3 – Pode fazer compras online

Se tem por hábito fazer compras online, o cartão de crédito pode ser uma mais-valia para si. Cada vez mais os pagamentos em sites seguros são realizados através de um cartão de crédito.

Contudo, neste ponto, existe também a alternativa (mais económica) de criar um cartão de crédito virtual. No entanto, com este caso o dinheiro sai automaticamente da sua conta à ordem, por isso não é uma opção se a sua conta não tiver dinheiro.

4 – Pode diminuir os custos

Pode parecer desde já um contrassenso, mas a verdade é que dependendo do banco e do tipo de cartão de crédito, o mesmo pode isentá-lo de alguns custos de manutenção.

É muito comum que alguns bancos proponham a subscrição de um cartão de crédito adicional de forma a diminuir o spread de um crédito habitação.

É claro que para isso ser realmente benéfico para si, é importante ler todas as letras pequeninas do contrato, e essencialmente analisar bem os custos e todas as condições contratuais.

Isto porque, não seria a primeira pessoa que por desconhecimento adquiria um cartão de crédito e acabava por se ver com alguns problemas.

5 – De forma a evitar atrasos nos pagamentos

Muitas vezes por muito certos que sejamos a proceder ao pagamento de determinadas contas, a verdade é que podem surgir problemas que impeçam a boa cobrança.

Nesse caso, ter um cartão de crédito poderá fazer toda a diferença na hora de pagar a horas as suas contas, não ficando em dívida com nenhuma entidade.

Claro que é muito importante que o cartão de crédito tenha um período de pagamento sem juros de modo a não estar a gastar mais do que aquilo que efetivamente deveria.

6 – Para aproveitar algumas promoções

Não são raros os bancos que oferecem grande ofertas aquando da subscrição de um cartão de crédito. Ao longo dos anos já vimos bancos a oferecerem viagens, telefones, televisões, estadias em hotéis, vouchers… enfim…

Se o banco ou entidade financeira está com uma oferta irrecusável porque não aproveitá-la?

Agora já sabe 6 motivos simples para ter um cartão de crédito na carteira. Mas, voltamos a frisar… é importante que faça uma escolha informada e ponderada, pois apenas dessa forma o cartão irá ser um instrumento de poupança e não uma possibilidade de endividamento.

Perguntas Frequentes

Todas as respostas às suas dúvidas sobre o crédito Credistar.

Sejá nosso parceiro

Aumente as suas vendas. Torne-se um parceiro Credistar.

Contactos Credistar

Contacte a equipa Credistar para esclarecimento de qualquer questão.

Testemunho
CLAUDIA SANTANA

O total dos meus créditos rondavam os 24.000€ e estava a pagar 865€ por mês. Após juntar todos os meus créditos, sem fiadores, passei a ter uma só mensalidade de apenas 315€/Mês.

Redução de 64% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 11,712%.

Testemunho
SOFIA E NUNO CAMPOS

Devíamos 19.000€ e tínhamos de pagar 677€/Mês. Depois da consolidação de créditos, sem incluir o crédito da casa, ficámos com uma mensalidade de 249€. Poupamos mais de 400€/Mês.

Redução de 63% nas prestações. TAN 9,500% e TAEG 12,024%.

Testemunho
MANUEL HENRIQUES

Queria fazer outro crédito de 5.000€ mas com a casa devia 130.000€ e pagava 2.097€/Mês. Segui a sugestão e fiz um crédito consolidado. Reduzi as prestações para 745€/Mês e já com os 5.000€ na conta.

Redução de 64% nas prestações. TAN 2,455% e TAER: 3,231%.

Testemunho
JOÃO SILVA

Fiz um pedido de 4.500€. Foram apresentadas várias propostas. Optei pagar o meu crédito em 72 vezes por 78,72€/Mês. Com esta prestação baixa vou juntar dinheiro para pagar antes, sem custos adicionais.

TAEG: 5,5% TAN: 4,70% MTIC: 5.268,78€.

Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.